João Azevêdo abre Caravana da Rede Cuidar e anuncia ampliação para 2020

O governador João Azevêdo participou, neste domingo (7), da solenidade de abertura da Caravana da Rede Cuidar, com a recepção dos profissionais e voluntários, no Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, em Santa Rita, que seguirão para Monteiro, primeira cidade a receber a ação nesta segunda-feira (8). O evento promovido pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Rede Cuidar,conta com o envolvimento de 60 profissionais, diariamente, e tem oobjetivo de promover a busca ativa de crianças com cardiopatias e qualificar a assistência hospitalar à gestante e ao neonato de risco. A Caravana, ocorrerá no período de 8 a 20 de julho, e percorrerá 13 cidades, cerca de 2.800 km, do Sertão ao Litoral da Paraíba.

As 13 cidades que receberão a Caravana, com as respectivas datas, são: Monteiro (8); Princesa Isabel (9); Itaporanga (10); Cajazeiras (11); Sousa (12); Catolé do Rocha (13); Pombal (14); Patos (15); Esperança (16); Picuí (17); Guarabira (18); Mamanguape (19) e Itabaiana (20). A equipe de especialistas que está envolvida nas várias linhas de cuidados são: cardiologistas pediátricos, neonatologistas, obstetras, enfermeiros, odontólogos, assistentes sociais, entre outros.

Na ocasião, o chefe do Executivo estadual ressaltou que a Caravana da Rede Cuidar oferece uma nova chance de vida às mães e crianças e será ampliada, a partir do próximo ano, para atender um número maior de paraibanos. “Nós estamos tratando de uma política de Estado, de solidariedade, de voluntariado, de saúde, e acima de tudo, de compromisso com a população. Eu agradeço pelo esforço de cada profissional que deixa sua casa para percorrer esse Estado todo em busca de salvar vidas”, declarou.

O secretário de Saúde, Geraldo Medeiros, afirmou que a Caravana se caracteriza como uma revolução na Medicina Preventiva e representa um momento ímpar para o Estado. “Por meio dessa busca ativa, realizada em 13 cidades, se faz o diagnóstico precoce de cardiopatias congênitas e que, em alguns casos, requer cirurgias de urgência; nós temos no Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires uma estrutura adequada para receber essas crianças e realizar o tratamento cirúrgico, fazendo da Paraíba uma referência nacional no programa e beneficiando os paraibanos com essa ação”, frisou.

A coordenadora da Rede Cuidar, Juliana Soares, destacou que o grande desafio da Caravana é reduzir as mortalidades materna e infantil. “Se a gente construir uma rede em que a baixa complexidade consegue tirar mulheres da emergência ou identificar mães e bebês em situação de risco e saber o que fazer em caráter emergencial, vamos conseguir diminuir cada vez mais esses números, e esse será o primeiro ano em que a Caravana vem 100% paraibana, oferecendo essa assistência efetiva para mães, bebês e cardiopatas”, falou.

O presidente do Conselho Regional de Medicina (CRM-PB), Roberto Magliano, parabenizou o Governo do Estado pela inciativa. “É uma ação positiva porque mostra que a gestão está preocupada com a saúde não só dos grandes municípios, mas também das pequenas cidades, e o CRM entende que a saúde materna, perinatal e do coração merece toda a atenção”, enfatizou.

Paraibana, a médica pediatra Carol Urquiza, que trabalha atualmente em São Paulo, vai atuar como voluntária da Caravana da Rede Cuidar este ano, e falou da expectativa para iniciar os trabalhos. “É um grande prazer voltar para a minha terra e utilizar o que aprendi para ajudar crianças que têm condições de receber tratamento. Muita coisa pode ser feita, inclusive, com orientação à família, resultando em qualidade de vida e numa infância feliz. Esperamos fazer um trabalho maravilhoso e que vai mudar a vida de muita gente, mas os maiores beneficiados somos nós que somos voluntários desse projeto tão bonito”, comentou.

Ao longo de cinco anos, a Caravana da Rede Cuidar já realizou 5.024 ecocardiogramas; 615 ultrassonografias fetais; 419 auscultas cardíacas digitais, além de exames de urina e de genética. Ainda oferece toda infraestrutura educativa, administrativa e de informática.

Os atendimentos oferecidos nesta edição serão a cardiologia pediátrica, atendimentos clínicos; ecocardiograma transtorácico, além de avaliações com equipe multiprofissional para ajudar no apoio ao diagnóstico e na adequação do plano de cuidado de cada paciente avaliado. As ações da obstetrícia e neonatologia serão direcionadas para a qualificação e implantação de kits emergenciais para o fortalecimento da implementação dos protocolos para estabilizar os pacientes até a chegada na Unidade de alta complexidade.

Novas Parcerias

Este ano, a Caravana contará com a parceria da equipe do Banco de Leite Humano e Hemocentro, que está mobilizando todos os Hemonúcleos para a doação de sangue e cadastro para a doação de medula óssea.

Qualificação de profissionais

Esta ação permite que profissionais de saúde dos mais diversos centros, que compõem a Rede Cuidar, sejam qualificados em cursos presenciais, nas diversas linhas de cuidado e que são oferecidos a todos os municípios de cada uma das macrorregiões de saúde.

 

 

 

 

Com Secom-PB

João Azevêdo abre Caravana da Rede Cuidar e anuncia ampliação para 2020

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.