Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

João autoriza investimentos de R$ 97 milhões em dragagem e pátio de regulação do Porto de Cabedelo

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O governador João Azevêdo esteve, nesta nesta terça-feira (29), no município de Cabedelo, ocasião em que assinou os contratos para a obra de dragagem do canal de acesso e bacia de evolução do porto paraibano, supervisão e monitoramento ambiental da obra de dragagem e implantação do pátio de regulação de caminhões, Truck Center. As ações somam investimentos superiores a R$ 97 milhões de recursos próprios do tesouro estadual e garantirão a ampliação da capacidade de movimentação de cargas no Porto de Cabedelo em até 57%. O serviço incluirá o aprofundamento do canal de acesso que passará dos atuais 9,14m a 11 metros de profundidade. Já a bacia de evolução (área de manobra dos navios na área do complexo portuário), passará a ter 300 metros de largura.

As expectativas do Porto de Cabedelo com a dragagem do canal de acesso, também incluem a geração de novos empregos.  De acordo com dados da Associação Brasileira de Terminais Portuários (ABTP), para cada R$ 1 milhão investido no setor, novos empregos são gerados. Com isso, a estimativa é de que até 672 novas vagas de trabalho sejam criadas. O início dos trabalhos na obra da dragagem está previsto para junho e deve ser realizado em quatro meses, entre as fases de mobilização, execução e desmobilização.

Na oportunidade, o chefe do Executivo estadual ressaltou que a assinatura das ordens de serviço ficará marcada na história de Cabedelo, permitindo a execução de obras que trarão crescimento e agilidade operacional. “Essa ação de hoje representa um marco e o resgate de uma dívida de muitos anos com o Porto de Cabedelo que tem uma importância fundamental para a economia do estado e uma localização estratégica. Ouvimos muitas vezes que a pedra havia saído do caminho há muitos anos, algo que não ocorreu, mas, desta vez, de forma definitiva e com recursos próprios do estado, vamos fazer a obra da dragagem tão sonhada por quem produz para que tenhamos um equipamento mais moderno, com maior capacidade operacional, recebendo um grande upgrade, nos permitindo deixar um legado para a cidade. Nós também estamos resolvendo um problema de mobilidade urbana com a construção do truck center”, frisou.

A presidente da Companhia Docas da Paraíba, Gilmara Temóteo, destacou os avanços recentes do Porto de Cabedelo nas áreas administrativas e de infraestrutura terrestre e assegurou agilidade nas obras da dragagem. “Esse momento não seria possível sem a determinação e o olhar visionário do governador João Azevêdo que viabilizou essa obra que vai mudar a realidade do Porto de Cabedelo que já vem se modernizando com obras importantes que já estão acontecendo e muitas delas com recursos do Governo do Estado. O cronograma da dragagem é para ser executado ainda este ano e estamos felizes porque o Porto se prepara para aumentar a sua movimentação e teremos um futuro muito promissor”, falou.

O prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, afirmou que as obras da dragagem irão impulsionar a economia e a competitividade do estado. “Sei da alegria do governador como técnico, cidadão e gestor de ter a oportunidade de usufruir desse momento radiante e importante para o desenvolvimento econômico e social da Paraíba e para a distribuição da renda, graças à capacidade de organização do estado e da priorização de obras que ficarão para a história de uma cidade e de um estado em um momento em que o transporte aquaviário tende a ser fortalecido, gerando emprego, renda e melhorando a vida do povo da Paraíba”, disse.

“Nós acompanhamos a necessidade de efetivar essa ação referente a um projeto importante porque sem ele o Porto não avança. O governador está de parabéns por esta obra que vai fortalecer a importação e exportação e quem ganha com essas e outras obras é o povo da Paraíba”, declarou o deputado federal Wilson Santiago.

O deputado estadual Wilson Filho evidenciou a capacidade fiscal e financeira da gestão estadual que permitiu um investimento de aproximadamente R$ 100 milhões, colocando a Paraíba em um novo patamar de desenvolvimento. “Todos aqui sabem há quantos anos se esperava efetivamente por essa obra que não foi prometida, mas o governador assumiu a responsabilidade de investir na porta de entrada do nosso estado para a saída e entrada de mercadorias. Os recursos chegaram a entrar no orçamento da União, mas foram retirados para o Porto de Santos, mostrando o exemplo da Paraíba e de que estamos no caminho certo”, disse.

“Agradecemos a oportunidade de estar presente nesse momento histórico para o Porto de Cabedelo, a porta de entrada da riqueza do nosso estado onde são gerados emprego, renda e desenvolvimento e eu parabenizo por um investimento que leva ao futuro”, comentou o Capitão dos Portos da Paraíba, Erijansen Maciel.

Os deputados estaduais João Gonçalves, Raniery Paulino, prefeitos e auxiliares da gestão estadual estiveram presentes na solenidade.

Supervisão da obra e monitoramento ambiental – Além do contrato para a execução das obras da dragagem, o governador João Azevêdo também assinou o contrato com a empresa Eicomnor Engenharia e Caruso Soluções Ambientais e Tecnológicas, vencedora da licitação ocorrida neste mês para a supervisão da obra de dragagem e pela execução da gestão ambiental, do apoio técnico e do acompanhamento dos serviços de dragagem e derrocagem de aprofundamento por resultado.

Truck Center – Outro investimento fundamental ao crescimento operacional do porto paraibano é o pátio de regulação de caminhões de Cabedelo, o Truck Center, que deve regular o estacionamento dos veículos de carga, reduzir a formação de filas de caminhões que circulam em Cabedelo, melhorar a relação Porto-Cidade, aprimorar a gestão do fluxo e diminuir o estacionamento irregular dos veículos de carga nas vias de entorno do porto e de seus terminais, ampliando a eficiência nas operações portuárias que tendem a crescer ainda mais com a dragagem do canal de acesso e com as expansões em curso nos terminais.

O Pátio funcionará como centro de apoio logístico, organizando o fluxo e estacionamento de veículos com agendamento de entrada e saída para os terminais, terá uma área pavimentada de estacionamento para 140 caminhões, espaço destinado ao funcionamento de restaurantes e lanchonetes, banheiros e outros serviços, com área de apoio de 300m², duas edificações para administração e salas para locação, além de vias com circulação interna e estacionamento de veículos de passeio. A previsão é de que o Truck Center gere cerca de 30 empregos diretos. O Pátio será construído numa área que integra a poligonal do Porto de Cabedelo, na Retroárea do Jacaré.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

UEPB: uma crise democrática

Confusão continua: TRE nega ter chancelado posse de Raissa Lacerda na Câmara

Anteriores

Júnior Araújo, deputado estadual

Júnior Araújo diz que decisão do TSE confirma inelegibilidade de Chico Mendes: “Cai por terra sua pré-candidatura”

OAB PB

OAB-PB publica edital de lista sêxtupla para vaga de desembargador do TJPB

PM apreende armas e celulares com facção que planejava ataques em Santa Rita

Presos suspeitos de integrar facção que planejava matar ‘rivais’ em Santa Rita

PM, força tatica

Líder criminoso do Maranhão é preso novamente pela PM em João Pessoa

TCE 2021

TCE aponta excesso de servidores contratados em 44 municípios da PB

caminhaotombado

Caminhão com asfalto tomba em vala da BR 230 em Santa Rita

apreensao1 (1)

Operação cumpre mandados de prisão contra facção criminosa na Paraíba

padrastgo

Padrasto tenta culpar ex-esposa, mas pega 42 anos por assassinato de Júlia

hugomottaeministro

Ministro informa a Hugo que Paraíba deve ganhar novo aeroporto em São Bento

fasfasg

Célio Alves promete recorrer de condenação por violência de gênero