Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Governo prepara plano para socorrer hospitais universitários

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Os reitores das universidades federais pediram essa semana ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva um socorro financeiro para os hospitais universitários (HUs). Segundo levantamento elaborado pela Diretoria de Hospitais Universitários, ligada à Secretaria de Ensino Superior do Ministério da Educação (MEC), as 46 unidades têm hoje 10% dos seus leitos desativados e precisam contratar 5 mil profissionais em caráter emergencial.

Diante do diagnóstico apresentado, o presidente pediu ao ministro da Educação, Fernando Haddad, que elaborasse uma proposta de reestruturação dos hospitais universitários até a segunda quinzena de julho. O plano deve ser feito junto com os ministérios da Saúde e do Planejamento.

“Será um projeto de reestruturação como foi feito no caso do Reuni [Programa de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais]. Nós reestruturamos o parque de atividades, agora temos que pensar num projeto que reestruture os hospitais de ensino”, explicou o ministro.

Segundo o levantamento, em 2008 os hospitais universitários realizaram um milhão de atendimentos emergenciais, 402 mil internações, seis milhões de consultas e 20 milhões de procedimentos médicos. Dos 19 mil transplantes realizados no país no ano passado, 10,7% foram em hospitais universitários.

Um dos principais problemas enfrentados hoje pelos HUs é a falta de pessoal. O levantamento aponta que são necessários cerca de cinco mil contratações emergenciais de médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem para desafogar o atendimento e inclusive reativar os leitos fechados.

Na quinta-feira (28), o presidente Lula e o ministro Fernando Haddad assinaram um decreto que transfere para a União o custeio dos plantões dos médicos. Justamente pela falta de pessoal, o pagamento dos plantonistas abocanhava boa parte do orçamento dos hospitais. Segundo Haddad, o custo anual chega a R$ 200 milhões.

Para o presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), Amaro Lins, a medida traz um grande alívio. “Essa lei era discutida há pelo menos três anos. Significa um grande alívio nas contas dos hospitais universitários e a possibilidade de ter os nossos plantonistas trabalhando em condições adequadas”, avaliou.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Incidente no Restaurante Garden: entenda o que realmente aconteceu

Anteriores

Antônio Neto prisão

Mentor de golpe milionário, Antônio Neto vai para prisão domiciliar na Argentina

cartaxo12

Ainda internado, Luciano Cartaxo pode receber alta médica ainda hoje

Acidente na BR 230 deixa um motociclista morto

Motociclista morre após bater em traseira de caminhão na BR-230, em João Pessoa

Delegação da Paraíba no 24º Grito da Terra Brasil, em Brasília

Delegação da Fetag-PB participa de mobilização em Brasília do 24º Grito da Terra Brasil

Professora

MP recomenda medidas para promoção da igualdade racial nas escolas estaduais

João Azevêdo é homenageado na CMJP

João Azevêdo é homenageado na Câmara por obras estruturantes na Capital

Thyago Colaço e Luís Faro Ramos

Presidente da Câmara Portuguesa confirma visita do embaixador de Portugal à Paraíba

Perfume falsificado

Polícia apreende mais de dois mil produtos falsificados de marcas famosas em loja de CG

semanadomei (1)

Semana do MEI: Sebrae orienta empreendedores sobre adesão ao Domicílio Eletrônico Trabalhista

egidiopreso

Audiência de Egídio tem oitiva de Dom Delson, mas é interrompida a pedido da defesa