Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Fonoaudiologia é nova opção do Vestibular Especial

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O Bacharelado em Fonoaudiologia está entre os novos cursos contemplados no Vestibular Especial do período 2009.2 da Universidade Federal da Paraíba. Com 30 vagas oferecidas para os turnos da manhã e tarde e provas previstas para os dias dois e três de agosto, o curso faz parte do Centro de Ciências da Saúde (CCS), campus de João Pessoa, e integra o Programa de Apoio ao Plano de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni).

Os interessados poderão se inscrever até domingo (12), pela internet, acessando os editais específicos nos seguintes endereços:
http://www.coperve.ufpb.br/Reuni/Edital18_2009.pdf ; http://www.coperve.ufpb.br/Reuni/Edital19_2009.pdf

Objetivo – O Curso de Fonoaudiologia objetiva formar profissionais generalistas, humanistas, críticos e reflexivos capacitados para exercer a profissão com base em princípios éticos, o amplo leque de questões clínicas, científico-filosóficas, políticas, sociais e culturais implicadas na formação e atuação profissional, capacitando-se para realizar intervenções apropriadas às diferentes demandas sociais.

Visa ainda promover uma formação sustentada nas necessidades sociais da saúde, com ênfase no Sistema Único de Saúde – SUS, assegurando a construção do conhecimento voltado à integralidade da atenção, à qualidade e humanização do atendimento; propiciar uma integração entre o ensino, a pesquisa e a extensão, conferindo ao futuro profissional a possibilidade de desenvolver práticas fonoaudiológicas de forma criativa e independente; e desenvolver a construção do conhecimento, envolvendo, além da própria fonoaudiologia, outros de áreas afins.

Perfil do profissional

Atua em pesquisa, prevenção, avaliação e terapia fonoaudiológica na área da comunicação oral e escrita, motricidade orofacial, voz e audição, bem como em aperfeiçoamento dos padrões de fala e voz. O profissional poderá atuar nos seus campos pertinentes do curso, em todas as suas amplitudes e complexidades, sendo capaz de avaliar, planejar, gerenciar e intervir na realidade sócio-cultural, visando o bem-estar social.

Ficará também apto a desenvolver ações de prevenção, avaliação, diagnóstico, orientação, terapia (habilitação e reabilitação) e aperfeiçoamento sobre os distúrbios fonoaudiológicos da função auditiva (periférica e central, vestibular), da linguagem (oral e escrita), da voz, da fluência, da articulação da fala e dos sistemas miofuncional, orofacial, cervical e de deglutição, promoção e proteção da saúde, utilizando-se de técnicas, instrumentos e métodos técnico-científicos para atuar nas diferentes áreas da Fonoaudiologia, tanto em nível individual quanto coletivo.

Campos de atuação

É extenso o campo de atuação: clínico-terapêutico, clínico, educacional, hospitalar, assessoria, docência, entre outros. Atua em hospitais, casas de saúde, ambulatórios, consultórios, clínicas, centros de reabilitação, escolas, creches, indústrias, empresas, teatros, emissoras de televisão e rádio, entidades de pesquisa, comissões de perícia técnica, consultorias e outros locais em que a comunicação humana é objeto de trabalho e investigação.

Nas instituições de ensino, públicas ou privadas, este profissional atua primordialmente no ensino, pesquisa e extensão em atividades inerentes dos cursos de graduação e pós-graduação.

Na área de saúde, o fonoaudiólogo tem um campo amplo, atuando em conjunto com profissionais da área de Medicina (neurologia de adultos e crianças, otorrinolaringologia, da psiquiatria, obstetrícia, ortopedia, pediatria, geneticista, entre outros), da área de Odontologia e de disciplinas de áreas afins (fisioterapia, psicologia, terapia ocupacional).

Nesse campo de atuação poderá elaborar ações de programas de maturação adequada das funções neuro vegetativas na produção dos sons da fala, no uso adequado da voz e na manutenção auditiva ao intervir  na prevenção, na terapia e na reabilitação das possíveis patologias ligadas à Fonoaudiologia.

Reuni

O Programa de Apoio ao Plano de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais lançado pelo Governo Federal tem o objetivo de expandir, de forma significativa, as vagas para estudantes de graduação no sistema federal de ensino superior. O Reuni visa “dotar as universidades federais das condições necessárias para ampliação do acesso e permanência na educação superior”.
 

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Incidente no Restaurante Garden: entenda o que realmente aconteceu

Anteriores

cartaxo12

Ainda internado, Luciano Cartaxo pode receber alta médica ainda hoje

Acidente na BR 230 deixa um motociclista morto

Motociclista morre após bater em traseira de caminhão na BR-230, em João Pessoa

Delegação da Paraíba no 24º Grito da Terra Brasil, em Brasília

Delegação da Fetag-PB participa de mobilização em Brasília do 24º Grito da Terra Brasil

Professora

MP recomenda medidas para promoção da igualdade racial nas escolas estaduais

João Azevêdo é homenageado na CMJP

João Azevêdo é homenageado na Câmara por obras estruturantes na Capital

Thyago Colaço e Luís Faro Ramos

Presidente da Câmara Portuguesa confirma visita do embaixador de Portugal à Paraíba

Perfume falsificado

Polícia apreende mais de dois mil produtos falsificados de marcas famosas em loja de CG

semanadomei (1)

Semana do MEI: Sebrae orienta empreendedores sobre adesão ao Domicílio Eletrônico Trabalhista

egidiopreso

Audiência de Egídio tem oitiva de Dom Delson, mas é interrompida a pedido da defesa

acidentetransito (1)

Câmara de João Pessoa debate Maio Amarelo pela paz no trânsito