Estado tem média de 2 acidentes de trânsito por dia envolvendo batidas contra postes

 

Imagine a situação: você trabalhando em home office, com computador e celular, e é surpreendida com o barulho de batida e, logo em seguida, com a falta de energia. Não quer nem pensar nisso, não é verdade? Pois saiba que essa situação está cada vez mais comum aqui na Paraíba. Trata-se de batida com abalroamento de poste, que vem crescendo no estado, mesmo com a diminuição de veículos nas ruas.

A estatística é preocupante. De janeiro até o início deste mês de abril, 209 motoristas se envolveram em acidentes com postes, com uma média de 2 ocorrências diárias, dentro da área de concessão da Energisa. Em 2020, nesse mesmo período, foram 190 ocorrências.

Quando um poste de energia é abalroado em um acidente de trânsito, toda população próxima a ele fica prejudicada com a interrupção no fornecimento de luz. “Normalmente, o restabelecimento demora em média 4h, dependendo do local e dificuldade de acesso, além do tipo e quantidade de estruturas e equipamentos envolvidos. Existem casos em que o dano à rede é tão grave que é necessário trocar mais de um poste. Mesmo com nossa tecnologia para minimizar a quantidade de clientes atingidos, a região mais próxima da ocorrência vai ficar comprometida durante esse intervalo de tempo”, explica a Gerente de Construção e Manutenção da Energisa na Paraíba, Danielly Formiga.

De acordo com Danielly, o custo com o reparo de cada poste danificado é de cerca de R$ 3.500. “Nestes casos, a Energisa aciona o órgão de trânsito competente, faz um boletim de ocorrência informando os dados do veículo e do condutor, registra quais são os danos ao patrimônio e aciona administrativamente o motorista que provocou o abalroamento para que ele pague o prejuízo”, informa a gerente.

A gerente faz ainda um alerta de segurança importante para os condutores envolvidos em colisão com postes. Caso os cabos fiquem partidos sobre o veículo, o motorista deve permanecer dentro do carro até que uma equipe da Energisa chegue ao local.

Quem passar perto da colisão deve manter distância da rede elétrica e, por questões de segurança, não deve se aproximar de postes ou fios caídos em nenhuma situação, especialmente para filmar ou fotografar ocorrências, evitando assim que outros acidentes aconteçam. A atitude correta é ligar para o 0800 083 0196 e para o Corpo de Bombeiros (193) e informar sobre a ocorrência.

VEJA TAMBÉM

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.