Estado deve trocar Banco Real por instituição oficial

Cláudia Carvalho

O contrato firmado entre o Banco Real e o Governo da Paraíba está com os dias contados. A informação, repassada com exclusividade ao Parlamentopb por uma fonte ligada ao Governo, dá conta de que as cláusulas analisadas pela comissão especial destacada para essa finalidade foram consideradas desvantajosas tanto para o Governo quanto para o funcionalismo público.

"A contraproposta que foi encaminhada pelo Banco Real foi tida pelo Governo como um deboche", resumiu a fonte, que preferiu não se identificar.

A tendência, diante da forte possibilidade de rescindir o contrato, é levar o pagamento do funcionalismo público estadual a um dos bancos oficiais, cujas propostas foram mais interessantes que a do Real.

Há duas semanas, o procurador Geral do Estado, Marcelo Weick – um dos componentes da comissão especial que estuda a revisão do contrato – afirmou que o laço com o Banco Real, ainda que previsto por tempo determinado, poderia ser revisto a qualquer período sob o argumento de se tratar de assunto do interesse do serviço público.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.