Eduardo Campos recrimina tentativa do PMDB gerar atrito entre PE e PB

O presidente nacional do PSB e governador reeleito de Pernambuco com 82,8% votos, Eduardo Campos (PSB), defendeu a união dos estados nordestinos para promover o desenvolvimento da região, durante participação em comício realizado pela coligaçã Uma Nova Paraíba, no município de Sousa, na noite de ontem. Ele criticou a tentativa do atual governador e seus aliados de tentar disseminar a ideia de uma disputa entre Estados da Paraíba e Pernambuco.

“O Nordeste não é o problema. O Nordeste é a solução do Brasil. Precisamos de união e Ricardo Coutinho representa a união que precisamos. Ricardo quer deixar as velhas brigas que não fizeram bem para a Paraíba e construir um novo tempo de união e de respeito. Ele vai governar com grande talento e determinação”, frisou.

Eduardo Campos ressaltou ainda a aliança feita por Ricardo para compor a chapa majoritária da coligação Uma Nova Paraíba, unindo o PSB e o PSDB. “Ricardo teve coragem de fazer uma frente política que juntou diferentes para fazer a diferença pelo bem da Paraíba”, declarou.

Críticas – O governador de Pernambuco negou as acusações que vêm sendo espalhadas pela coligação adversária nessa reta final das eleiçõe, dentre elas, a que Ricardo teria feito acordo com ele para beneficiar o Porto de Suape em detrimento do Porto de Cabedelo.

Para Campos, além de levianas, essas informações prejudicam principalmente o crescimento da Paraíba e da região Nordeste, pois tentam disseminar a ideia de uma disputa entre Estados vizinhos.
“O Brasil vive um novo tempo e os adversários estão na contramão desse processo. Chega de tanta mentira e perseguição. Eles tiveram a chance do mundo inteiro e jogaram fora. Agora é a vez do mago. Agora é a vez de Ricardo Coutinho governar a Paraíba e contribuir com o desenvolvimento da nossa região”, frisou.

Tayrone – O prefeito de Sousa, Fábio Tyrone (PTB) preparou um grande comício para recepcionar o candidato ao governo do Estado, Ricardo Coutinho (PSB), o governador reeleito de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), o novo governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), o senador Efraim Morais (DEM) e o senador eleito, Cássio Cunha Lima (PSDB) na noite de ontem.

Fábio reafirmou seu apoio à candidatura de Ricardo neste segundo turno e agradeceu ao povo. O prefeito ainda acusou o atual Governo de abandonar o Sertão. Segundo ele, foram tentadas parcerias com o atual governador, mas que ao invés disso, o candidato à reeleição teria preferido tentar comprar a cidade, mas o povo deu sua resposta ao votar em Ricardo Coutinho no primeiro turno.

“O povo cansou do engodo, da mentira, do descaso com a saúde e a educação. Temos certeza que em Ricardo teremos um governador parceiro, sensível às nossas causas, honesto e de mãos limpas”, disse.

Adesões – Durante a passagem da oposição pelo Sertão paraibano, prefeitos dos municípios da região declararam seu apoio ao candidato da Coligação Uma Nova Paraíba ao Governo do Estado, Ricardo Coutinho. Além de Sebastião Pereira Primo, conhecido como Capuxim, os prefeitos dos municípios de Brejo do Cruz, Francisco Dutra Sobrinho, conhecido como Barão, Brejo dos Santos, Lauri Ferreira da Costa, de Catolé do Rocha, Edvaldo Caetano e Bom Sucesso, Gilson Cavalcante de Oliveira disseram que apóiam Ricardo Coutinho.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.