Deputado que foi paciente do Hospital Laureano agradece apoio do governador

O deputado estadual Jeová Campos (PSB), que já foi paciente do Hospital Napoleão Laureano, parabenizou o Governador da Paraíba, João Azevedo, pelo anúncio do repasse de R$ 4,2 milhões por ano para o Hospital por meio de um convênio com a Secretaria de Estado da Saúde. O parlamentar, que esteve reunido com a direção do Hospital, na semana passada, foi um articulador com o governo do estado na busca de uma alternativa para ajudar a unidade de saúde que passa por grandes dificuldades, principalmente, para manter o tratamento de cerca de 500 pacientes quimioterápicos no estado.

“Ainda durante a reunião com a direção do Laureano, eu telefonei para o secretário de Saúde, Geraldo Medeiros, e pedi a ele que intercedesse junto ao governador para buscar uma alterativa da SES ajudar a unidade e para minha grata surpresa e para a felicidade de milhares de pessoas que precisam de tratamento contra o câncer, fui informado que o governador autorizou a formalização de um convênio que assegurará um repasse mensal à unidade”, destaca o parlamentar.

Ainda segundo o deputado, o Laureano tem uma demanda que é de 94% de pacientes do Sistema Único de Saúde realizando milhares de procedimentos como exames e tratamentos, sendo que a tabela do SUS não é reajustada há dez anos. “Isso também precisa ser revisto, porque todos os medicamentos oncológicos são importados, pagos em dólar e com a tabela congelada há tanto tempo, o hospital não tem como arcar com esse custo sozinho”, reitera Jeová, lembrando que embora a legislação que disciplina os hospitais filantrópicos determine que a unidade só precisaria destinar seus serviços a 60% de pacientes do SUS, esse percentual no Laureano é muito maior. “Não existe outro hospital como o Laureano para atender aos doentes oncológicos no estado, então não há outra saída a não ser absorver essa demanda”, explica ele.

“Estou muito agradecido ao Governador por ter ouvido e sido sensível com esse pedido de socorro do Laureano e sei que falo em nome de diversas famílias que tem alguém parente doente e que estava com seu tratamento suspenso por falta de medicamento. Esse gesto é um alento de esperança para às pessoas que recebem um diagnóstico de câncer e precisam lutar para vencer a doença e encontram no Laureano um excelente aliado”, destaca Jeová.

Segundo informações divulgadas pelo governo, o convênio com repasse de R$ 350 mil por mês será assinado nos próximos dias em solenidade no Hospital Napoleão Laureano. Além de interceder junto ao secretário de saúde do estado, Jeová também sugeriu, em discurso na ALPB, na semana passada, que as Prefeituras e a sociedade como um todo devem ajudar o hospital. Como medida emergencial de apoio ao Laureano, ele pediu que os prefeitos paraibanos também ajudem no tratamento dos pacientes encaminhados pelos municípios para a instituição. “Afinal, qual dos 223 municípios não mandam pacientes para o Laureano? É preciso convocar a todos para esse momento. É muito duro você ter um diagnóstico de câncer e não ter tratamento. Todos podem contribuir com uma pequena participação no custeio das despesas dos medicamentos dos pacientes encaminhados para o Laureano e os prefeitos também”, finaliza Jeová.

Deputado que foi paciente do Hospital Laureano agradece apoio do governador

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.