Com sinais de embriaguez, mulher tem moto aquática apreendida em Camboinha

Uma mulher foi detida na tarde desta quinta-feira, 21, depois de uma denúncia feita por populares de que ela estaria pilotando uma moto aquática em Camboinha I, Cabedelo, apresentando sinais de embriaguez. A Capitania dos Portos e a Polícia Militar compareceram ao local e ela foi encaminhada à Central de Polícia de João Pessoa onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). A moto aquática foi apreendida.

Um vídeo feito por populares e que viralizou nas redes sociais mostra a condutora do jet ski discutindo com banhistas que a acusavam de pilotar bêbada e colocar em risco a vida de crianças que estavam na praia naquele momento. Ela argumentou que as crianças é que “passaram em alto mar” e negou que estivesse embriagada.

É proibido por lei pilotar embriagado, já que as mesmas regras de trânsito servem para atividades nos rios, nas lagoas e nos mares – ou seja, os órgãos competentes podem realizar o teste do bafômetro e aplicar as medidas cabíveis.

1 comentário

  • LUIS EVANDRO SANTOS DE SA
    07:22

    Se a infratora fosse preta e pobre tinha nome, CPF, nome do pai e da mãe divulgados, mas como é branca e com dinheiro lascam apenas uma mulher. Vida que segue, pois estes podem receber indulto do presidente.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.