Cid e Wellington defendem empréstimo, mas Ricardo faz restrição

O governador do Ceará, Cid Gomes, defendeu hoje, durante o XI Fórum dos Governadores do Nordeste, realizado no Hotel Tambaú, em João Pessoa, a tese de que os deputados estaduais da Paraíba aprovem o empréstimo solicitado pelo Governo do Estado ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

“Acho que esse financiamento é feito em condições equitativas para todos os estados brasileiros, proporcional às perdas que eles tiveram ao longo desse tempo e que se prevê ainda para frente do repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE). Portanto, a Assembléia deveria ter um gesto generoso, embora eu não devesse me meter nessa questão, mas faço um apelo para que os deputados compreendam a importância disso e aprovem esse financiamento”, enfatizou Cid.  

Já o governador do Piauí, Wellington Dias, ressaltou a importância da aprovação do empréstimo para que os estados possam manter suas contas equilibradas. Disse que no Estado do Piauí os deputados de situação e oposição votaram a favor do empréstimo por entender que não poderiam ter um posicionamento contrário.

“Existe uma necessidade de compreensão dos diversos partidos, o que está em jogo nesse caso é o equilíbrio do Estado, da folha de pagamento, da capacidade de não se perder oportunidade de investimento que está em jogo”, acrescentou Wellington.

Restrição – O prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB), que também participou do evento, disse à imprensa que se fosse deputado também votaria a favor do empréstimo. Ele, contudo, reclamou da falta de previsão de investimentos na região metropolitana de João Pessoa: "João Pessoa é uma cidade muito importante para ser esquecida e tem problemas grandes, alguns causados pelo próprio Estado, como é o caso do conjunto Cidade Verde, que precisam de solução. Eu defenderia emendas para alocar recursos para a capital", disse.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.