Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Cícero garante pagamento do piso da Enfermagem e convida sindicato para acompanhar detalhes

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O prefeito Cícero Lucena se reuniu com representantes dos profissionais da Enfermagem de João Pessoa e fechou acordo para encaminhar, ainda nesta quarta-feira (30), projeto de Lei Orçamentária para a Câmara Municipal (CMJP) votar o pagamento do piso da categoria por parte da Prefeitura.

O encontro aconteceu no Centro Administrativo Municipal (CAM), em Água Fria, onde o prefeito apresentou a planilha que a Prefeitura recebeu do Governo Federal, com as informações dos recursos individualizados dos profissionais que têm direito a receber o piso. Os valores são referentes aos meses de maio, junho, julho e agosto.

“Estamos procedendo da forma que a gestão pública tem que fazer, com responsabilidade e transparência. Por se tratar de uma questão orçamentária, precisa ser votada pela Câmara, a rubrica não existia, e, dentro desse aspecto, eu tenho certeza que o presidente Dinho e os demais vereadores, diante de uma causa tão justa, irão aprovar ainda essa semana, para que de imediato possamos fazer o pagamento”, afirmou Cícero Lucena.

A presidente do Sindicato dos Enfermeiros no Estado da Paraíba (Sindep), Milca Rêgo, disse que o encontro foi positivo e que a entidade se coloca à disposição para ajudar a Prefeitura identificar quaisquer distorções que possam ocorrer. “Foram regras estabelecidas pelo Ministério da Saúde, não foi a Prefeitura de João Pessoa, então, a gente vai tentar ver quais são as inconsistências para que sejam solucionadas o mais rápido possível”, observou.

Canal de atendimento – Na próxima semana, a Prefeitura de João Pessoa irá criar uma área de atendimento, com local a ser definido, para que os profissionais da Enfermagem tirem dúvidas referente aos respectivos direitos a remuneração.

“Mediante as inconstâncias da planilha do Ministério da Saúde, que faz com que haja um desdobramento para poder honrar os valores atrasados para categoria, chegamos aqui a um caminho interessante. É importante destacar que as informações que envolvem Coren, Corfens e Ministério da Saúde não convergem, daí existem os prazos que a gestão possa trazer a conformidade”, explicou Adriano Lourenço, que representa os profissionais de nível técnico da Enfermagem, na Capital.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Arthur Urso leva “esposas” para passear sem roupa íntima na orla de João Pessoa

Professores da UFPB desistem de candidatura e apoiam Terezinha e Mônica

Eleição da UFPB terá três chapas e atual reitor concorre à reeleição

Anteriores

Marcelo Queiroga e Sérgio Queiroz 1

Sérgio Queiroz adia anúncio sobre participação do NOVO na chapa de Queiroga; veja

coutoreuniao (1)

Couto, Cartaxo e Ricardo se reúnem e atacam Cícero Lucena

bolsonaro1

Ao receber cidadania paraibana, Bolsonaro diz que político não tem ação concreta

viaturasfurtoenergia

Ação de combate ao furto de energia resulta em 7 prisões

d8b82c70-f3bd-46d3-9bfa-61ce8d61d00a

Setor de serviços na Paraíba cresce 11,4% e registra 2ª maior expansão do País, revela IBGE

mptdelivery (1)

MPT discute segurança do trabalho com sindicatos de entregadores e motoristas de aplicativos na PB

diozene

Padre é preso com armas e munição durante blitz em Campina Grande

Sabadinho Bom praça rio branco

Sabadinho Bom apresenta grupo Choramigo no mês em que se comemora o Dia Nacional do Choro

Bolsonaro em JP

Na capital, Bolsonaro manda recado a apoiadores: “Uma pessoa não vai resolver o problema de vocês”

Vacina contra gripe, influenza

Prefeitura de João Pessoa realiza Dia D de vacinação contra gripe e dengue neste sábado