Brito Neto também diz que pesquisa sobre candidato é prematura

A briga pelo direito de ser candidato a prefeito de Campina Grande ganhou hoje mais um capítulo. O ex-deputado federal Walter Brito Neto se juntou à crítica do atual vice-prefeito, José Luiz Júnior, em relação à pesquisa prevista para ser anunciada na semana que vem com o objetivo de definir quem será o postulante do partido à sucessão municipal. Da mesma forma que Zé Luiz, Brito Neto considera ser "cedo demais" para fechar a questão.

– O crescimento de Daniela [Ribeiro] e a indisposição do Governador em o Major Fábio assumir a Câmara Federal, levarão à mudança do candidato do PSDB – previu o peemedebista em seu microblog Twitter, acrescentando – Nós do PMDB temos que ser prudentes e aguardar o momento certo de mover as peças do tabuleiro. É precipitado qualquer movimento agora! O meu nome somado ao do nosso vice prefeito, representa o maior peso do PMDB campinense para sucessão municipal. Queremos mais tempo! O passado faz parte da nossa identidade. Um candidato ao executivo é observado das suas ações públicas ao seu testemunho de vida pessoal. É muito difícil o povo avaliar alguém que não tem passado político. É muito importante sabermos os conceitos de vida, os valores e princípios de conduta do nosso candidato para não darmos um tiro no escuro!

Além de Walter Brito Neto e José Luiz Júnior figuram como potenciais pré-candidatos do PMDB os secretários Alex Azevedo e Metuselá Agra, além de Tatiana Medeiros, cotada como a favorita para encarar a disputa eleitoral deste ano.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.