Bombeiros resgatam vítimas, incluindo um animal, de alagamentos em João Pessoa

O Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB) atendeu, na manhã desta quarta-feira (13), pelo menos oito ocorrências relacionadas às fortes chuvas que caem na Grande João Pessoa.  Conforme o Centro integrado de Operações Policias (Ciop), os chamados envolveram alagamentos e inundações, além de quedas de árvore – mas  sem vítimas de maior gravidade.

No local conhecido como Planalto da Boa Esperança, no Valentina Figueiredo, na Capital, os bombeiros resgataram três pessoas que estavam ilhadas, além de um animal. Eles eram moradores de duas residências do local, cuja rua estava fortemente alagada.  Todos estavam bem e foram orientados a irem para casa de parentes. As residências foram trancadas.

Em outro ponto, na rua Cordeiro Senior, no Varadouro, também na Capital, também houve alagamentos e as águas entraram em residências,  sendo solicitado  o apoio do Corpo de Bombeiros para retirar alguns moradores. As guarnições fizeram o socorro e orientaram diversos populares a sair do local, tendo em vista o risco de desabamentos.

Já no bairro do Miramar, na rua doutor Henrique Paiva, houve alagamento e alguns veículos chegaram a ser carregados pelas chuvas, mas os motoristas conseguiram sair em tempo. Os bombeiros foram até o local, mas não foi necessário fazer nenhum atendimento. Ainda conforme os registros do Ciop, uma árvore caiu sobre uma residência no Alto da Boa Vista, em Bayeux, atingido a cozinha da casa.  Mas não houve vítimas. Os bombeiros realizaram a poda no local.

O serviço de poda também foi feito em árvores que ameaçavam tombar no Róger, no bairro de Mangabeira e no Jardim Veneza – esta última ao lado de uma Unidade de Saúde da Família.  Já na avenida Valdemar Galdino Nazeazeno, no Geisel,  a guarnição fez o corte e a retirada de uma árvore que desabou e obstruiu  a via. Todo o efetivo do Batalhão de Busca e Salvamento da Capital, especializado nesse tipo de serviço, está de sobreaviso, inicialmente por 24 horas, para atender as ocorrências relacionadas às chuvas.

A corporação alerta que, quem precisa se deslocar a pé, deve se distanciar  de árvores, postes ou cercas elétricas . Além disso, evitar locais abertos como campos e praias, que não trazem proteção para as descargas elétricas. Já nas ocorrências de alagamento, a orientação é procurar um local seguro e ficar de olho nas crianças, pois o contato com a água suja também traz doenças.  Se o nível da água ameaça subir demais e não tiver mais como sair do lugar, acionar imediatamente o Corpo de Bombeiros, através do 193.

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.