Bolsonaro é eleito “Pessoa Corrupta do Ano” pela mídia internacional

 

O Organized Crime and Corruption Reporting Project (OCCRP), um consórcio internacional que reúne jornalistas investigativos e centros de mídia independente, elegeu o presidente Jair Bolsonaro como “Pessoa Corrupta do Ano”. A organização afirmou que o líder brasileiro “venceu por pouco” o chefe da Casa Branca, Donald Trump, e o mandatário turco, Recep Erdogan, por considerar que o brasileiro exerceu papel na promoção do crime organizado e da corrupção.

“A família de Bolsonaro e seu círculo íntimo parecem estar envolvidos em uma conspiração criminosa em andamento e têm sido regularmente acusados de roubar o povo”, disse Drew Sullivan, editor do OCCRP.

Segundo a Agência Estado, o consórcio destacou as denúncias contra o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos – RJ), filho do presidente, no caso das “rachadinhas” na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), quando ele era deputado estadual. Pelo mesmo motivo, a organização cita as investigações contra o vereador Carlos Bolsonaro.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o líder das Filipinas, Rodrigo Dutrte, também já levaram o prêmio.

 

Congresso em Foco

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.