Aníbal se lança pré-candidato a prefeito de João Pessoa

O deputado estadual Aníbal Marcolino (PSL) revelou hoje sua intenção de disputar a prefeitura de João Pessoa em 2012. Ele declarou que essa proposta foi lançada quando ele e outros companheiros como Nadja Palitot e Francisco Barreto decidiram ingressar na legenda:

– Sou pré-candidato à medida que nosso partido tem alguns pré-candidatos nas grandes e pequenas cidades. Esse foi um debate que fizemos na nossa entrada no partido. Aquele que tivesse a maior votação e tivesse o interesse de ser candidato, o seria com o apoio de todos. Eu sou presidente do PSL de João Pessoa, estou convocando uma reunião com cerca de 15 pré-candidatos, temos a perspectiva de fazer até três vereadores, já que o coeficiente eleitoral baixou com o aumento de vagas nas Câmaras. Aqui em João Pessoa, estima-se que reduza o coeficiente de 18 para 14 mil votos. Há uma decisão da maioria de não aceitar que entrem no partido para disputa, quem tenha mandato.

Aníbal negou que a crise exposta nas últimas semanas pelo presidente da sigla, Tião Gomes, vá barrar seu projeto eleitoral no ano que vem. Segundo Tião, a postura dissidente de Aníbal, que não aceitava ser incluído no rateio das comissões como integrante do bloco governista, resultaria num processo de expulsão e requerimento do mandato. A querela começaria de fato com uma reunião agendada para o final de semana passado e que acabou não acontecendo:

– Isso já foi resolvido. Eu e Tião conversamos. Tanto é que nem houve reunião. Talvez tenha uma reunião com o presidente Luciano Bivar em Brasília, para onde viajaremos eu e Tião. Partido é assim mesmo. Todos eles discutem. Não ia ser diferente no PSL, com duas pessoas com temperamento forte como eu e Tião, mas eu gosto dele e ele gosta de mim e tenho certeza que ambos queremos o desenvolvimento de nosso partido, com a eleição de mais vereadores. Eu fico no PSL e estou como sempre estive, em paz. Eu não poderia influenciar o comportamento de Tião. Nem eu cobro nada dele, nem ele cobra de mim. Assim, a convivência é pacífica. Não tenho nenhuma mágoa.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.