Zezinho Botafogo critica organização do amistoso de Zico

O vereador Zezinho Botafogo (PSB) foi à tribuna da Câmara de João Pessoa hoje de manhã para reclamar da organização do amistoso disputado na manhã do último domingo no Estádio Almeidão e que trouxe à capital paraibana o ex-jogador Zico. A partida, disputada entre a Seleção Zico 10 Master e a Seleção Master da Paraíba estava prevista para começar às 9 horas, mas só teve início duas horas depois. O parlamentar, além de reclamar da demora e citar que pais e crianças ficaram expostos ao sol causticante da manhã de domingo, também apontou diversas outras falhas da organização do evento.

– Faltou água para as crianças, não tinha ambulância e nem segurança. As crianças ficaram nos bancos destinados aos atletas. Eles não sabiam onde ficar. Houve desorganização no evento. Domingo foi uma grande demonstração de que precisamos reconhecer o trabalho dos atletas paraibanos. Muitas pessoas me questionaram o motivo da oferta do título de cidadão a Zico. Eu acho justo o título a Zico pelo que ele representa, por seu trabalho social… vou acompanhar o andamento todo desta festa, que espero não tenha proveito político. As escolinhas foram porque querem receber material e recursos. Esperamos que não seja como o Bolsa Atleta, que fez Pretinha voltar a vender feijão porque não recebe os recursos do Governo.

O autor do título de Cidadania pessoense a Zico, o vereador Tavinho Santos, defendeu a honraria e disse que Zico merece ser reconhecido por seus méritos esportivos e também pelo caráter:

– Zico merece vir à Paraíba e receber a cidadania pessoense porque ele é um exemplo não apenas para os paraibanos, mas para todos os brasileiros. Quanto à organização, ela foi surpreendida pelo grande número de pessoas que compareceu ao Estádio Almeidão. Apesar de ser vascaíno, sei que o Flamengo tem a maior torcida. Mesmo assim, o Sindicato dos Panificadores ofereceu um lanche às crianças e o evento foi positivo porque Zico levou consigo um bom conceito de João Pessoa. Sobre os ex-profissionais, o problema é que temos os melhores jogadores do mundo, mas somos o país mais desorganizado do mundo. Antigamente, não se ganhava dinheiro como hoje no esporte. Hoje, só fica mal quem for desorganizado e tiver uma vida desgarrada. Naquela época, o salário não era suficiente para sobreviver. Se as associações e o Governo pudessem dar sustentação à vida desses atletas, a situação seria diferente.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.