Zenóbio troca farpas com Raniery por causa de denúncia de prefeitos

As denúncias de pedido de devolução de ambulâncias publicadas pelo Parlamentopb repercutiram intensamente hoje à tarde na Assembleia Legislativa da Paraíba. O deputado estadual Zenóbio Toscano (PSDB) subiu à tribuna para comentar a notícia e dizer que seriam 15 os municípios que teriam perdido as ambulâncias. Para ele, a medida seria uma demonstração de perseguição do governador José Maranhão (PMDB) aos gestores que não fazem parte de sua base.

Em contraponto ao que Zenóbio Toscano dizia, o deputado Raniery Paulino (PMDB), do bloco de situação, considerou que não era verdade a denúncia do conterrâneo: "Se fosse verdade que o governador é perseguidor, ele não nomearia seu genro para um cargo na Procuradoria Geral do Estado. Isso é prova de que ele sabe conviver bem com os adversários".

Irritado, Zenóbio retrucou: "Você é ainda menor do que eu imaginava. É um produto genético de má qualidade. Se essa nomeação que Maranhão fez teve como alvo a minha cooptação, ele pode exonerar meu genro amanhã mesmo".

A polêmica das ambulâncias começou por causa das denúncias dos prefeitos João Bosco Carneiro, de Alagoa Grande, e Severino Ferreira da Silva, de Serraria, de que o Governo teria pedido de volta as ambulâncias doadas aos municípios na gestão de Cássio Cunha Lima. O motivo seria um problema burocrático que impediria seu uso pelas prefeituras.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.