Zenóbio acredita que aliança com Ricardo pode sair no 1º turno

Cláudia Carvalho

O deputado estadual Zenóbio Toscano não deixa dúvidas. A tese de aliança do PSDB com o prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB) não é apenas especulada, mas tratada como possibilidade real nas hostes tucanas. Em seu programa semanal de rádio na Constelação FM, cujo trecho o Parlamentopb reproduz, ele disse claramente que o senador Cícero Lucena (PSDB) tem até agosto para fazer "a candidatura decolar". Se até lá, esse resultado não for obtido, a opção dos tucanos para disputa do Governo da Paraíba será a composição com o prefeito de João Pessoa. E isso tudo acontecerá com o aval de Cássio Cunha Lima, com quem o deputado conversou na véspera da viagem do ex-governador para os EUA.

"Ninguém duvida que Cássio Cunha Lima é o grande líder político do nosso Estado. E temos ouvido de muita gente na Paraíba que é preciso dar um troco em tudo o que houve. Cássio vai passar três meses nos Estados Unidos e durante esse período, Cícero Lucena está com sua candidatura posta para o Governo e tem visitado vários municípios, inclusive deve vir a Guarabira no mês que vem, se não vier ainda em maio. Então, se espera que até agosto sua candidatura tenha decolado e apareça bem nas pesquisas para que ele seja o candidato que congregue as forças políticas que elegeram Cássio. Mas, ele não vai conseguir porque partidos como o PP e o PTB já estão com Ricardo Coutinho. Como Cássio disse, o importante não é concorrer, mas vencer as eleições. Se Cícero não tiver músculo o suficiente, sem sombra de dúvida há chances de ter aliança com Ricardo Coutinho já no primeiro turno".

Em outro trecho do programa, Zenóbio acrescentou mais sobre seu pensamento no tocante ao prefeito socialista: "Os adversários de Ricardo Coutinho dizem que ele não existe depois da Ponte do Rio Sanhauá, mas isso não é a realidade que sentimos por onde andamos".

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.