Zé Mário nega procedência de torpedos e diz que caminha para vitória

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, José Mário Porto, negou hoje que tenha desistido da disputa, como alardearam os torpedos enviados pela manhã para dezenas de telefones celulares de advogados e jornalistas paraibanos. A mensagem dizia que Porto havia se retirado da campanha por "motivo de foro íntimo".

O candidato à reeleição disse ao Parlamentopb que o boato era motivo de piada: "Depois da magnitude da festa do Jovem Advogado, eu jamais desistiria. Isso foi invencionice da oposição. Fizemos uma grande festa ontem e caminhamos para a vitória. Um boato desses nos faz rir".

A eleição da OAB-PB acontece no próximo dia 28 e Zé Mário Porto disputa a reeleição contra o candidato Odon Bezerra.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.