Vitalzinho pede Exército, PF, PC e PM nas ruas antes da eleição

O deputado federal e senador eleito Vital do Rego Filho, Vitalzinho (PMDB) fez um apelo hoje para que os soldados do Exército, policiais federais, civis e militares intensifiquem o trabalho nas ruas de Campina Grande para coibir a chamada compra de votos. Segundo ele, várias ações de cabos eleitorais estão sendo identificadas, o que leva a crer que está havendo uma grande atuação de pessoas, na periferia de Campina, comprando votos para desequilibrar a eleição.
 
Ele disse que fez uma solicitação formal à Justiça Eleitoral para que a ação dos fiscais eleitorais e das polícias seja intensificada nesta sexta e sábado, dias em que a movimentação de cabos eleitorais também se intensifica. “Pedi pessoalmente para que a Justiça Eleitoral determine a ação do Exército e das polícias. É necessário que os soldados saiam dos quartéis e montem guarda nas ruas”, disse.
 
Vitalzinho pediu para que o empenho dos policiais e dos soldados do Exército seja redobrado à noite e durante a madrugada. “Nós temos fortes indícios de que o forte processo de cooptação e compra de votos que foi verificado no primeiro turno está para se repetir e só a ação conjunta dos soldados do Exército e dos policiais federais, civis e militares, junto com os fiscais da Justiça Eleitoral, poderá impedir”.
 
Carros de Pernambuco – Vitalzinho disse achar estranho que haja uma grande quantidade de carros com placas de Pernambuco circulando por Campina Grande, muitos deles com adesivos referentes à campanha da Paraíba. “A circulação destes veículos foi identificada e nós fizemos um apelo à Justiça porque o que se comenta em toda a Paraíba é que há uma interferência de Pernambuco nestas eleições, através de um poderoso processo de cooptação e de compra de votos”, afirmou.
 
Ele disse que, também no primeiro turno, houve a interferência direta de pessoas de Pernambuco na campanha e que agora, no segundo turno, o mesmo processo está se desenhando. “Sabe-se que no primeiro turno houve um forte processo e cooptação e compra de votos. Estamos alerta para que este fato não se repita”, disse.
 
Vitalzinho também pediu à população para ficar vigilante a este tipo de prática que, para ele, em nada contribui para a democracia. “Conclamo a população paraibana a repudiar este tipo de atitude e denunciar os envolvidos. Vamos todos fazer uma grande vigília nesta sexta e no sábado, nas ruas, nas praças, principalmente à noite e durante a madrugada e, qualquer anormalidade, denuncie à Justiça Eleitoral”, afirmou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.