Vitalzinho diz que oposição apoiará governo em projetos para o Estado

Os deputados que faltaram a reunião com o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), em Brasília estão tendo dificuldade para justificar a ausência. O senador Vital do Rego Filho (PMDB), comentou hoje todos os boatos em torno desse tema. Ele afirmou que a oposição não tem problemas em receber o governador e que isso aconteceu mesmo antes de todos tomarem posse, em primeiro de janeiro.

– Acho que não tem necessidade de tanto ruído. O que aconteceu é que fomos convocados há duas semanas para uma reunião com o governador Ricardo Coutinho, que deveria ser rotineira, ordinária e natural, até por que já aconteceu antes. A imprensa criou muita expectativa antes desse encontro e agora está fazendo o pós-encontro. Em novembro do ano passado, antes mesmo da nossa posse e da do governador Ricardo Coutinho, na época governador eleito, estivemos reunidos. Nós entendemos que reuniões como essa devem ser naturais, sem grandes expectativas.

Ele justificou ausência da bancada na reunião e atribuiu a falta do integrantes da oposição no encontro, ao falecimento do vice-presidente José Alencar. Vitalzinho não admitiu boicote e afirma ainda que o governador terá o apoio da oposição sempre que for cumprindo metas de interesse da Paraíba.

– Estamos envolvidos em um projeto paraibano, respeitando todas as nossas diferenças de ordem política. Nós estaremos sempre recebendo o governador por que é nossa obrigação. Com relação a reunião de ontem, com a morte do vice-presidente José Alencar o país parou e mudou todo o nosso agendamento. Nós não temos muros na política da Paraíba. Os nossos embates vão continuar, mas o que está em jogo não pode ser misturado. Nós não entendemos alguns projetos e atitudes do governo, mas os projetos para a Paraíba precisam de todo o corpo de representação, nesse caso não existirá muro, as ações de interesse do estado o governador vai ter todo o nosso apoio.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.