Vital quer incluir os 223 municípios em programa de extensão universitária do MEC

Todos os 223 municípios da Paraíba irão contar com algum curso universitário até o ano que vem. A informação foi divulgada neste sábado (23) pelo deputado federal e Senador eleito Vital do Rego Filho, Vitalzinho (PMDB-PB). Ele disse que os entendimentos para que esta realidade seja alcançada foram iniciados esta semana, durante audiência entre ele e o Ministro Fernando Haddad, no Ministério da Educação.
 
Vitalzinho disse que a audiência com o Ministro Haddad, realizada na última terça-feira (19) para discutir extensão universitária e o programa que vai destinar uma bicicleta para cada aluno da rede pública estadual de ensino serviu, também, para discutir a inclusão da Paraíba num programa de Extensão Universitária do MEC que prevê três tipos de inclusão universitária, com opções diferenciadas de ensino superior em função da população de cada município.
 
Vitalzinho explicou que a proposta discutida entre ele e o ministro Haddad para implantação na Paraíba é a seguinte: para cidades com população igual ou superior a 50 mil habitantes, destinação de cursos através do programa de extensão universitária (Universidade Federal da Paraíba – UFPB ou Universidade Federal de Campina Grande – UFCG) ou a implantação de uma unidade do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFET, com cursos superiores e profissionalizantes.
 
Já para cidades com menos de 50 mil habitantes, implantação de uma unidade da Universidade Aberta do Brasil – UAB, um sistema integrado por universidades públicas que oferece cursos de nível superior para camadas da população que têm dificuldade de acesso à formação universitária, por meio do uso da metodologia da educação a distância.
 
A UAB atende o público em geral, com prioridade de formação para os professores que atuam na educação básica, seguidos dos dirigentes, gestores e trabalhadores em educação básica dos estados, municípios e do Distrito Federal. Ele lembrou que o Sistema UAB foi criado para “o desenvolvimento da modalidade de educação a distância, com a finalidade de expandir e interiorizar a oferta de cursos e programas de educação superior no País”.
 
Vitalzinho disse que os entendimentos começaram a ser mantidos a partir de sua primeira audiência com o Ministro Haddad, após ser eleito Senador. “Nós já marcamos uma nova audiência, na qual trataremos, especificamente, deste tema. A partir de então, vamos avançar com essa decisão e começar a formatar a proposta a ser implantada em toda a Paraíba, numa ação conjunta do Governo Federal, Governo do Estado e municípios”, disse Vitalzinho.

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.