Vital garante inserir Campina Grande no trecho da Adutora de Acauã

No penúltimo debate antes do 1º turno das eleições, desta vez transmitido pelas TVs Tambaú e Borborema, o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), candidato ao governo do Estado pela Coligação Renovação de Verdade, voltou a defender suas propostas nas áreas de saúde, segurança, mobilidade urbana, infraestrutura, e recursos hídricos, contempladas no seu Plano de Estado. Vital afirma que centrou a sua participação no espaço em cima de propostas.
 
Já no primeiro bloco, o peemedebista falou em desenvolvimento a partir da realização de grandes obras estruturantes que serão realizadas em parceria com a presidente Dilma Rousseff (PT). 
 
De forma objetiva, Vital disse que a matriz do desenvolvimento do Estado passa pela integração física das grandes obras estruturantes como a duplicação da BR-230 de Campina Grande até Cajazeiras; a modernização do Porto de Cabedelo a construção Porto Oceânico e  inserção de um ramal da Ferrovia Transnordestina para a Paraíba, a viabilização de um Centro aeroportuário com cinco aeroportos, bem como um projeto de criação de polo petroquímico para o Litoral Sul do Estado.
 
Para Vital, todas essas obras serão realizadas a partir da chegada das águas do Rio São Francisco.  “Desenvolvimento é a solução. A matriz hídrica e a matriz energética fará melhorar a qualidade de vida da população. Nós continuaremos com a presidente Dilma, mantendo o salário mínimo acima da inflação e promovendo o desenvolvimento para gerar riqueza e melhorar a vida das pessoas”, garantiu.
 
Ainda em relação à transposição do Rio São Francisco, Vital, que preside no Senado uma comissão responsável pelo acompanhamento das obras, lamentou que o governo estadual tenha deixado  atender as exigências mínimas do governo federal para prepara a Paraíba para receber as águas do Velho Chico. 
 
Segundo Vital, o governo deixou de fazer o saneamento básico em  56 cidades do Estado que estão na calha do Rio Paraíba e Rio Piranhas. “Por falta de projeto o Estado corre o risco de não receber a licença ambiental necessária para garantir a vinda das águas do Rio São Francisco” alertou.
 
O peemedebista prometeu criar uma agência integrada para gerenciar as águas do Rio São Francisco. “Infelizmente as águas do São Francisco estão chegando e não podem servir a Paraíba porque o Estado não tem uma gestão capaz de receber esse tesouro. Nós temos um projeto que restaurar as áreas mais degradadas e garantir as condições para recebermos as águas do rio”, disse.
 
Ainda falando sobre projetos hídricos, Vital garantiu implementar medidas enérgicas e rápidas como inserir Campina Grande no trecho da adutora de Acauã; aumentar o contingente de cisternas em parceria com o governo federal; além de construir o Canal do Sertão e o Açude do Espinho Branco em Patos, já contemplada no PAC 3. “O PMDB foi o autor do plano das águas. O ex-governador José Maranhão criou um eixo de desenvolvimento com adutoras que possibilitarão o fim do sofrimento causado pela seca na Paraíba”, concluiu.
 
Em relação à educação, Vital do Rêgo reafirmou o seu compromisso de investir na nova escola média que irá gerar perspectiva para a juventude paraibana. A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), segundo o peemedebista, será fundamental para a concretização desse projeto e na formação do aluno para o mercado. Ele também prometeu trabalhar para interiorizar o ensino superior, levando a UEPB para outros municípios do Estado.
 
 
Em relação a saúde, Vital reafirmou o seu compromisso em implantar o Hospital de Trauma do Sertão e possibilitar a realização de mais exames de diagnósticos em unidades de saúde do interior do Estado. “No meu governo vou promover um modelo de política governamental diferente é ágil na oferta dos seus serviços públicos a população paraibana.”
 
Outro assunto tratado por Vital no debate foi mobilidade urbana. Segundo entende o peemedebista, a mobilidade é hoje o problema que afeta as grandes cidades da Paraíba, a exemplo de Campina Grande e João Pessoa.
 
Como relator da Lei do Passe Livre no Senado, Vital prometeu implantar esse projeto na Paraíba. Ele também reafirmou o seu compromisso de dotar o Estado de um amplo projeto de mobilidade, alargando as vias e avenidas;  implantar o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) nas maiores cidades paraibanas; construir o Perimetral Norte, e terminar a Perimetral Sul, além de construir a Alça Noroeste em Campina Grande.  
 
Nas considerações finais, o candidato do PMDB agradeceu a emissora pela nova oportunidade, e pediu aos paraibanos para escolherem realmente o candidato que tem propostas claras para resolver os grandes problemas que afetam a Paraíba. Ele também pediu votos para Dilma Rousseff (PT) e para o candidato ao Senado José Maranhão (PMDB).

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.