Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Vital Filho diz que semana marcará votação do cadastro positivo

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O deputado federal Vital do Rego Filho (PMDB-PB) disse que esta semana deverá marcar a votação do Projeto de Lei n.º 836/03, que cria o cadastro positivo de consumidores, regulamentando a atuação dos bancos de dados de proteção ao crédito. Trata-se de um cadastro de bons pagadores nos moldes do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) ou Serasa.

Segundo Vitalzinho, apesar de ter tramitação ordinária o projeto tem um aspecto penal que se enquadra na nova interpretação para votação em sessões extraordinárias. De acordo com o parlamentar paraibano, com pequenos ajustes que faltam, a Câmara poderá até votar o projeto na terça-feira (12).

A proposta também disciplina o funcionamento de bancos de dados e de serviços de proteção ao crédito. A diferença é que ele vai centralizar informações sobre os pagamentos honrados pelo consumidor.

O cadastro positivo é o oposto dos cadastros existentes hoje, nos quais as entidades que prestam serviços de proteção ao crédito listam os clientes que não pagaram pontualmente suas dívidas. O cadastro positivo listaria aqueles que cumpriram seus compromissos em dia.

Para a Febrabran (Federação Nacional dos Bancos), que pede a criação do cadastro desde 2001, a utilização dessas informações reduziria os riscos de concessões de crédito, o que possibilitaria juro menor. Vital lembra estimativa da Anefac (Associação Nacional de Executivos de Finanças), segundo a qual os juros poderiam cair até 20%. “No comércio, uma taxa de juros de 6% ao mês poderia cair para 5%”, diz.

Ele afirma que, pela falta de informações, a taxa de juros praticada acaba sendo calculada baseada em um risco de inadimplência comum para todos. “Os bons acabam pagando pelos maus”. Segundo Vital Filho, somente 7,5% dos brasileiros é inadimplente, enquanto 92,5% é do tipo pagador pontual.

Ainda de acordo com a Febraban, o risco de inadimplência responde por 37,60% do spread bancário, que é a diferença entre a taxa de captação dos bancos e a cobrada dos consumidores na concessão do crédito. O cadastro poderá, ainda, aumentar a concorrência entre os bancos.
 

 

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Incidente no Restaurante Garden: entenda o que realmente aconteceu

Anteriores

Antônio Neto prisão

Mentor de golpe milionário, Antônio Neto vai para prisão domiciliar na Argentina

cartaxo12

Ainda internado, Luciano Cartaxo pode receber alta médica ainda hoje

Acidente na BR 230 deixa um motociclista morto

Motociclista morre após bater em traseira de caminhão na BR-230, em João Pessoa

Delegação da Paraíba no 24º Grito da Terra Brasil, em Brasília

Delegação da Fetag-PB participa de mobilização em Brasília do 24º Grito da Terra Brasil

Professora

MP recomenda medidas para promoção da igualdade racial nas escolas estaduais

João Azevêdo é homenageado na CMJP

João Azevêdo é homenageado na Câmara por obras estruturantes na Capital

Thyago Colaço e Luís Faro Ramos

Presidente da Câmara Portuguesa confirma visita do embaixador de Portugal à Paraíba

Perfume falsificado

Polícia apreende mais de dois mil produtos falsificados de marcas famosas em loja de CG

semanadomei (1)

Semana do MEI: Sebrae orienta empreendedores sobre adesão ao Domicílio Eletrônico Trabalhista

egidiopreso

Audiência de Egídio tem oitiva de Dom Delson, mas é interrompida a pedido da defesa