Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Vital Filho desobedece governo e vota por aumento de 7,72% a aposentados

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Mesmo com orientação do Governo para que os deputados da base votassem pelo reajuste de 6,14% para os aposentados da Previdência Social que ganham acima de um salário mínimo, o deputado federal e pré-candidato a Senador Vital do Rego Filho (PMDB-PB) decidiu votar pelo aumento maior, de 7,72%. A votação ocorreu na noite desta terça-feira (04).
 
Segundo a Agência Câmara de Notícias, o índice foi incluído na Medida Provisória 475/09 por meio de emenda do deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP) e corresponde à inflação acumulada pelo INPC mais 80% da variação do PIB de 2008 para 2009. Os deputados aprovaram também, por 323 votos a 80 e 2 abstenções, a emenda do líder do PPS, Fernando Coruja (SC), que acaba com o fator previdenciário a partir de 1º de janeiro de 2011. A MP agora segue para o Senado.
 
De acordo com Vital Filho, o fator previdenciário, criado pelo PSDB através da Lei n.º 9876/99 com o objetivo de incentivar o trabalhador a contribuir por mais tempo para a Previdência, é uma fórmula que reduz os valores dos benefícios da Previdência em relação ao salário de contribuição. “A queda do famigerado fator previdenciário foi uma vitória dos aposentados. O fator, criado pelo PSDB, é uma espécie de gatilho para baixo. O trabalhador recolhe sua contribuição e, quando se aposenta, fica com salário mais baixo”, disse Vital Filho.
 
Segundo o parlamentar paraibano, a aprovação do aumento maior para aposentados foi “uma grande vitória dos aposentados, que veio após uma grande mobilização da Câmara como um todo. O presidente tinha oferecido um aumento de 6,14%, a Câmara chegou a 7,0%, mas os deputados, em sua maioria, decidiram pelo aumento maior, de 7,72%, proposta que teve, também, meu apoio, em que pese o governo ter solicitado aos parlamentares a aprovação do aumento menor”, afirmou Vital Filho.
 
Aumento Retroativo – Ainda de acordo com a Agência Câmara, o reajuste de 7,72% é retroativo a 1º de janeiro deste ano, mas, para as aposentadorias concedidas a partir de março de 2009, ele será concedido proporcionalmente à data de início do pagamento. Dessa forma, por exemplo, o reajuste para aquelas aposentadorias que começaram a ser pagas em dezembro de 2009 será de 3,58%.
 
Inicialmente, a MP 475/09 reajustava os benefícios acima de um mínimo em 6,14%. Depois de negociações, o líder do governo admitiu aumentar o índice para 7%, mas não conseguiu unificar os partidos da base aliada em torno desse número.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

UEPB: uma crise democrática

Confusão continua: TRE nega ter chancelado posse de Raissa Lacerda na Câmara

Anteriores

IMG-20240618-WA0138

Procon-JP encontra variações de até 246,43% nos preços das bebidas em supermercados

o-cantor-nattan-anuncia-a-estreia-do-evento-desman-1695331973

São João 2024 de Patos abre com show de Nattan nesta quarta

e4370692-55ce-4115-947a-1e584ab1b927

Semob-JP realiza esquema de trânsito e transporte durante São João da capital

65612db5-e6db-4224-b601-9d47282b0927

Aeroporto de Campina Grande terá casais quadrilheiros e trios de forró

WhatsApp Image 2024-06-19 at 17.17.41

Polícia Federal da Paraíba investiga circulação de cédulas falsas em Bayeux

ffraz_abr_20180922_1659

Vacinação contra Poliomielite é prorrogada em João Pessoa

Sedes_entrega-milho-04

Prefeitura de João Pessoa realiza entrega de milho verde para famílias em vulnerabilidade social

atlas

Paraíba é o estado com a terceira menor taxa de homicídios do Nordeste

https__img.migalhas.com.br__SL__gf_base__SL__empresas__SL__MIGA__SL__imagens__SL__2024__SL__06__SL__10__SL__08d945a5-c46d-4e3e-a3d0-b535cc2f010c.jpg._PROC_CP65

Município de Cabedelo deve pagar indenização a criança esquecida em ônibus escolar

elba

São João de João Pessoa traz Elba Ramalho na noite de abertura