Vital do Rêgo é o relator da LDO; Jucá fica com a relatoria do Orçamento

O senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) será o relator do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2015. Por sua vez, a relatoria da Lei Orçamentária Anual (LOA) ficará a cargo do senador Romero Jucá (PMDB-RR). Os nomes foram definidos durante reunião, ontem, dos líderes na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO), que volta a se reunir na terça-feira (29), às 14h. 
 
O senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) afirmou nesta quinta-feira (24), que encara a relatoria como um novo desafio no Senado. A relatoria da Lei Orçamentária Anual (LOA) ficará a cargo do senador Romero Jucá (PMDB-RR).
 
Com a experiência de quem já presidiu a Comissão Mista do Orçamento (CMO), Vital disse que ficou feliz com a indicação e garantiu empenho no sentido de contribuir para a construção de um grande orçamento em 2015.
 
Em entrevista, Vital explicou que a escolha de seu nome, em que pese já ter presidido a CMO, foi resultado de um acordo político com os demais integrantes da CMO, que aceitaram de forma unânime a sua indicação, encaminhada pelo líder do PMDB, Eunício Oliveira (CE).
 
Ao ser indagado sobre a possibilidade de a LDO ser aprovada antes da Copa do Mundo, que começa em 12 de junho, Vital afirmou que “quando há sintonia de trabalho, vontade política e entendimento, sempre é possível construir”.
 
Vital do Rêgo observou que terá pouco tempo para relatar a proposta, devido à realização da Copa do Mundo e de eleições gerais.
 
"Vou acompanhar a relatoria da LOA como membro da Comissão de Orçamento e como parceiro Jucá. Vamos trabalhar em consonância, preparando também a proposta orçamentária, já que esse ano é de eleição e, portanto, bastante curto no que diz respeito à votação",afirmou.
 
Vital acredita que a votação da LOA e da LDO deverá ocorrer provavelmente só após outubro. Dessa forma, afirmou, restarão os meses de novembro e dezembro “para fazer um trabalho compactado focado" na aprovação do Orçamento de 2015 ainda em 2014.
 
"Vamos aguardar primeiro as eleições. O Orçamento é do país. Essa proposta orçamentária vai ser discutida após as eleições, portanto, já se sabendo quem ganhou as eleições. A questão das eleições não vai interferir diretamente na execução e nem na discussão da proposta", afirmou.
 
A deputada Nilda Gondim (PMDB-PB), considerou a indicação de Vital como uma nova missão confiada ao senador paraibano. “Mais uma posição de destaque para o Senador Vital do Rêgo. Ele será o relator da LDO de 2015” comentou.
 
Romero Jucá – Em entrevista, Jucá explicou que a escolha de seu nome, em que pese já ter relatado a proposta orçamentária em anos anteriores, foi resultado de um acordo político com os demais integrantes da CMO, que aceitaram de forma unânime a sua indicação, encaminhada pelo líder do PMDB, Eunício Oliveira (CE).

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.