Vigilante atira contra fiscal de segurança após briga na sede da Justiça Federal na PB

Um vigilante é suspeito de ter baleado o fiscal da empresa que faz a segurança do prédio da Justiça Federal na Paraíba (JFPB), no bairro Pedro Gondim, em João Pessoa. Segundo informações da Polícia Militar, eles se desentenderam na noite desse sábado (20) e o funcionário atirou contra o seu supervisor.

A confusão, ainda de acordo com a PM, teria sido motivada pelo fato de o vigilante não estar usando o colete e o fiscal constatar isso na ronda de fiscalização, a qual é comum ao serviço de seguranças privados em diversos estabelecimentos.

O vigilante, então, teria sacado a arma e atingido com um tiro a coxa do fiscal. Marcos Francisco, de 49 anos, foi socorrido até o Hospital de Trauma da Capital e o suspeito fugiu do local após o disparo. O estado de saúde do ferido não foi informado, até a tarde deste domingo.

À noite, a Justiça Federal na Paraíba informou que está adotando todas as providências legais cabíveis em relação ao incidente ocorrido no último sábado (20), envolvendo dois funcionários da empresa de vigilância contratada para a realização de serviços de segurança institucional.

De acordo com as informações preliminares, um dos vigilantes que atua no órgão disparou com uma arma de fogo em um fiscal da empresa para a qual ambos trabalham. O motivo teria sido uma discussão entre eles.

O Órgão está acompanhando o estado de saúde do fiscal da empresa, que esteve internado no Hospital do Trauma, mas que já foi liberado e passa bem.

Diante do ocorrido, a JFPB reafirmou que preza pela excelência da qualidade na prestação de todos os seus serviços, inclusive, o de segurança, e que serão tomadas as medidas legais para responsabilização dos envolvidos no incidente.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.