Vice-presidente quer dançar um xaxado na posse de Dilma

Internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, com quadro de hemorragia digestiva grave, o vice-presidente José Alencar recebeu nesta quinta-feira a visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, da presidente eleita, Dilma Rousseff, de seu filho Josué e do ex-ministro José Graziano da Silva.

Para eles, segundo a assessoria da Presidência, Alencar afirmou que espera estar na posse de Dilma e torce para que os médicos o liberem para "tomar um golinho". A presidente eleita respondeu que o espera lá.

Alencar aproveitou para elogiar as escolhas de Guido Mantega para a Fazenda e de Alexandre Tombini para o Banco Central no novo governo e encerrou a conversa dizendo que ainda vai dançar um xaxado.

Lula contou ao vice que veio a São Paulo para o Natal dos catadores e lamentou a ausência de Alencar em Brasília. "Foi uma pena você não ter estado ontem em Brasília para a sanção da partilha do pré-sal", disse.

O vice, os médicos e as visitas se reuniram por cerca de 15 minutos e falaram ainda sobre os negócios da família de Alencar, de política e da saúde do político. Todos saíram de lá otimistas.

Segundo o último boletim médico, Alencar apresentou melhora em seu quadro de hemorragia digestiva grave e "redução importante do sangramento". Ele permanece na UTI do hospital para tratamento médico.

Ontem, depois de quase três horas de cirurgia, os médicos desistiram de retirar o tumor que provocava a hemorragia no vice.

Alencar foi internado nesta quarta-feira (22) seis dias após ter recebido alta.

Antes da cirurgia, Alencar passou por transfusões de sangue. Há dois dias, ele também esteve no hospital para transfusões.

O vice combate um câncer na região do abdome há mais de 15 anos. Com a de hoje, já passou por 17 cirurgias.

No último dia 27, Alencar foi operado para desobstruir o intestino. A cirurgia durou cinco horas e resultou na extração de dois nódulos e 20 centímetros de seu intestino delgado.

No final do procedimento, ele chegou a sofrer uma arritmia cardíaca, que foi revertida.
 

Folha Online

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.