Vice-presidente do PT divulga solidariedade a João Azevedo

Ex-prefeito de Patos, Lenildo Morais, que também é vice-presidente estadual do PT, usou seus perfis nas redes sociais neste sábado, 24, para prestar solidariedade ao secretário João Azevedo, proibido de estar nas audiências do Orçamento Democrático por uma decisão do desembargador Carlos Martins Beltrão Filho, vice-presidente e Corregedor Regional Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba.

Lenildo afirmou que o TRE deve rever imediatamente a decisão e completou que a presença de João nos eventos consistiria em exercício da atribuição do cargo que ocupa.

“Prestamos nossa solidariedade ao secretário de Estado de Infraestrutura, João Azevedo, impedido, pelo TRE da Paraíba, de exercer as atribuições do seu cargo, a partir de hoje, sendo que pela legislação eleitoral, o pré-candidato tem até o dia 07 de abril para se afastar do cargo e assim poder concorrer às eleições. O que dizer diante de tal notícia? O que pensar num momento como esse? Como aceitar que um gestor público seja impedido de exercer as suas funções, antes do prazo estabelecido por lei ? Se faz necessário que o Tribunal reveja urgentemente essa decisão e que a lei seja respeitada. Por isso, externamos que, além de solidários, estamos atentos na defesa da democracia e da justiça, e não vamos aceitar que os trabalhos do governo do Estado da Paraíba sejam atropelados dessa forma”, escreveu Lenildo Morais, vice-presidente estadual do PT.

Comentários