Vice-prefeito e autoridades discutem criação do Conselho de Segurança

Sob a presidência do vice-prefeito Ronaldo Cunha Lima Filho, aconteceu na tarde desta quarta-feira (18), na sede da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP), a primeira reunião visando à formação do Conselho Municipal de Segurança Pública de Campina Grande. 
 
Já designado pelo prefeito Romero Rodrigues para coordenar o órgão, ainda em formação, Ronaldo Filho ouviu as autoridades presentes e mostrou-se confiante que será possível encontrar um caminho para a melhoria da segurança na cidade. 
 
“Eu saio realmente entusiasmado, porque aqui vimos pessoas qualificadas, motivadas e confiantes de que podemos fazer, que é possível dar a nossa contribuição. Não estamos para apontar culpados. A nossa intenção é buscar soluções. Entendemos que segurança pública é responsabilidade do Estado.  As polícias são comandadas pelo Estado e pela União, mas nós, enquanto governo municipal, vamos dar as respostas que a sociedade precisa através da unificação dessas forças”, declarou o vice-prefeito. 
 
Ronaldo Filho pretende, após a aprovação do projeto encaminhado à Câmara de Vereadores, na terça-feira, agilizar a sua formação e ampliar as discussões sobre a segurança no município. Para ele, somente de forma integrada será possível a solução para a segurança. “Vamos reunir esforços, envolvendo todos os segmentos, para que possamos fazer de Campina Grande, já reconhecida pelos avanços na tecnologia, por sua natureza acolhedora e cidade da inovação, também a cidade da paz”, previu. 
 
Participaram ainda da reunião as secretárias Marlene Alves, de Cultura; Verônica Bezerra, de Educação; o Procurador do Município, José Mariz; o superintendente da STTP, Vicente Rocha; o assessor jurídico da STTP, Gilberto Aureliano; o presidente do Ipsem, Hermano Oliveira; o coordenador de Comunicação, José Araújo; o coordenador da Guarda Municipal, coronel José Cláudio; o coordenador do Procon, Floriano Brito; além do presidente da Associação Comercial, empresário Álvaro Barros; o superintendente de Polícia Civil, delegado Marcos Paulo; o delegado da Polícia Federal, Carlos Felipe; o comandante do II Batalhão de Polícia Militar, coronel Souza Neto; e a comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Jousilene Tavares.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.