Verissinho anuncia recurso contra inelegibilidade e multa

O deputado estadual Abmael Lacerda, o Dr. Verissinho, anunciou hoje que seus advogados vão recorrer da decisão do Tribunal Regional Federal (TRF) da 5ª Região. Ontem, ele foi condenado ao pagamento de uma multa de R$ 23 mil, proibição de contratar com o serviço público por 5 anos, além de inelegibilidade por seis anos. Verissinho foi acusado pelo Ministério Público Federal, por improbidade administrativa. O foco da denúncia foi a execução de um convênio entre a prefeitura de Pombal e o ministério do Meio Ambiente.

"Não há nenhuma prova de enriquecimento ilícito de minha parte. Ainda hoje vamos ao TRF apresentar um recurso pedindo a anulação da sentença. Cabe recurso até mesmo no Supremo, mas estou certo de que os desembargadores vão entender nossa defesa e anular a decisão mesmo em Recife", declarou Verissinho.

A condenção a ele imposta foi prevista originalmente pelo juiz Glauber Pessoa, da 8ª Vara da Justiça Federal, de Sousa, em 2007. A sentença à época estabelecia uma inelegibilidade por 8 anos.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.