Vereadores visitam teatro que foi interditado sete meses atrás

Os vereadores de Campina Grande Daniella Ribeiro, Ivonete Ludgério, Jóia Germano e Tovar Correia Lima, acompanhados de jornalistas e radialistas, visitaram hoje as dependências do Teatro Municipal "Severino Cabral”, que está com as suas atividades paralisadas desde o dia 1º de janeiro. 

Os parlamentares, recebidos pela diretora da instituição, Alana Fernandes, se mostraram bastante preocupados com o que viram na principal casa de espetáculos de Campina Grande. Eles constataram uma série de problemas no teatro que vão desde cortinas rasgadas e furadas, iluminação em situação de risco, cadeiras rasgadas e muitas substituídas por cadeiras de bar, acervo cultural (arte cênica) sem os cuidados devidos, umidade nas paredes e no teto, muito mofo nos banheiros, camarins, no palco e nas galerias, camarotes interditados, elevadores com acesso suspenso, carpetes rasgados, portas quebradas e uma série de outras irregularidades.

Eles, junto com os jornalistas e radialistas chegaram à conclusão que o teatro apresenta péssimas condições e não há previsão para o início de obras de recuperação. O festival de Inverno que acontecia anualmente na sede do teatro teve que mudar de endereço este ano em consequência da situação em que se encontra a casa de espetáculos. Segundo a diretora, em consequência dos problemas a Secretaria de Educação resolveu fechar as portas do teatro, porém, não há data para o início de obras no local, “apesar do empenho do Governo do Município”.

Alana Fernandes informou que houve uma licitação, mas não foi possível a contratação das empresas que já não atendiam às exigências técnicas para a reforma do empreendimento. Ela acrescentou que, de acordo com as regras da licitação, uma empresa que vier a ser contratada terá um prazo de seis meses para a realização das obras, e assim não se tem qualquer previsão da data de reabertura da casa.

Daniella Ribeiro, de posse de laudos, disse que vai ao Ministério Público solicitar a sua intervenção no sentido de que seja encontrada uma solução para o problema o mais urgente possível. Ivonete Ludgério, Jóia Germano e Tovar se mostraram “impressionados” com o quadro que viram e pedem providências às autoridades para que o teatro de novo seja entregue à sociedade.

O Teatro Municipal "Severino Cabral" foi construído pelo prefeito Severino Bezerra Cabral – que lhe deu o nome – e inaugurado no dia 30 de novembro de 1963, às 10 horas. No mesmo dia, às 21 horas, apresentava-se em seu palco, o ator José de Vasconcelos, um dos maiores humoristas do rádio e da TV brasileira.

Com uma estrutura física Inspirada num apito, o Teatro Municipal foi idealizado pelo arquiteto Geraldino Pereira Duda.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.