Vereadores lamentam que sociedade desconheça a Comissão de Recesso

A Comissão de Recesso Parlamentar (CRP) é instalada na Câmara Municipal de João Pessoa para apreciar e debater, nesse período, por exemplo, mensagens do Executivo que eventualmente chegarem à Casa. Estavam presentes na instalação os vereadores Benilton Lucena (PT), que ocupará a presidência da comissão, Zezinho Botafogo (PSB), que será o vice-presidente e Tavinho Santos (PTB), um dos integrantes.

A Comissão será formada ainda pelos vereadores Bruno Farias (PPS) e Geraldo Amorim (PDT), que não compareceram, mas justificaram suas ausências por conta de compromissos inadiáveis.

Benilton Lucena deixa claro que não existem matérias pendentes na Casa para serem apreciadas durante o recesso e pela comissão que só será acionada, na forma regimental, caso seja necessário. Ele comenta “que a sociedade, muitas vezes, não entende, ou por falta de conhecimento ou por desinteresse mesmo, o verdadeiro papel de uma comissão de recesso, que o próprio nome já diz tudo”. “É uma comissão instituída para discutir matérias da Prefeitura que, porventura, chegarem à Câmara. É bom que fique claro que a comissão não tem que realizar sessões durante o recesso”, explica.

Tavinho Santos informa que, por conter cinco membros, a comissão de recesso foi instalada, como determina o regimento, pela maioria: “três vereadores”. Ele completa que a ausência dos outros parlamentares foi justificada. Zezinho Botafogo afirma, por sua vez, que a segunda reunião está prevista para a próxima segunda-feira (16). “E se, por acaso, chegar alguma mensagem, estaremos discutindo”, finaliza.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.