Vereadores de Monteiro entram na Justiça contra Prefeitura

O clima esquentou entre os poderes Executivo e Legislativo de Monteiro. O Presidente da Câmara Municipal, Vereador Paulo Sérgio (PSB), confirmou que entrará nesta segunda-feira, 24, com uma ação na Justiça contra a Prefeitura e outra contra a prefeita Ednacé Henrique (PSDB).

O motivo da ação é que a prefeita não repassou o duodécimo da Câmara no dia 20, como prevê a Lei. Por conta disso, todos os funcionários, assessores e vereadores estão sem receber seus vencimentos referentes ao mês de janeiro.

Paulo Sérgio disse que “essa atitude da Prefeita é mais um ato de truculência de uma administração que não tem respeitadoMonteiro, provocando transferências de servidores que não votaram nela, cortando gratificações de funcionários por pura perseguição política, entre outras atitudes reprováveis para uma administração que se dizia uma mudança para o município".

De acordo com o vereador, a atitude da prefeita Ednacé Henrique em não passar a verba da Câmara deve ter sido uma represália aos vereadores por não terem aprovado o orçamento do jeito que a prefeita queria.

“A prefeita tem que respeitar a independência do Poder Legislativo e aceitar suas decisões, parece que ela desconhece que vivemos em uma democracia”, disse Paulo Sérgio.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.