Vereador taxa presidente da câmara de “mentiroso e ditador”

O vereador José de Sousa Batista (PMN), Jacildo como é conhecido, da idade de Cachoeira dos Índios, fez sérias denúncias, esta semana, na tribuna da Câmara Municipal cachoeirense contra o presidente da casa, o vereador Wanderley Marques (PT).

Segundo informações de uma fonte, o vereador acusou o presidente de levar o livro de atas da câmara para sua casa. E de acordo com a fonte, Jacildo questionou Wanderley, alegando que ele não poderia levar para sua residência um documento público, mas o presidente teria discordado do vereador.

Em meio ao bate boca entre os vereadores, Jacildo teria dito: “você presidente, é um mentiroso, um ditador”.

A fonte revelou ainda, que diante do tumulto gerado na câmara municipal, o presidente não contou conversa, mandou as pessoas que assistiam à sessão se retirarem, e encerrou os trabalhos do dia.

Diário do Sertão
 

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.