Vereador se pronuncia sobre o “Jogo do Bicho” em João Pessoa

O vereador Zezinho Botafogo (PSB), na sessão ordinária da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) desta terça-feira (27), comentou sobre as ações da polícia em todo o país para coibir a prática do "Jogo do Bicho".

Para o vereador, diferentemente do que acontece no estado do Rio de Janeiro (RJ), onde o Jogo é associado ao tráfico organizado e à bandidagem, em João Pessoa, a atividade nunca foi relacionada a práticas de bandidos.

“Não tenho nenhuma ligação com nenhum proprietário dessas "bancas de bicho". Mas, puxo esse assunto porque essa é uma preocupação muito grande para os que sobrevivem dessa atividade que, em nossa cidade, nunca foi associada à bandidagem. Inclusive, somos a primeira cidade que tenta legalizar a atividade no país”, comentou Zezinho.

Em seu aparte, o vereador Tavinho Santos (PTB) lembrou que o Governo de João Agripino, na década de 60, considerou a atividade como legalizada em todo o Estado. Ele então solicitou que o "Jogo do Bicho" deve ser protegido pelo Estado.

“Em nossa cidade, mais de 10 mil pessoas vivem com essa atividade, que é uma questão cultural, já absorvida. Nenhuma outra atividade gera tanto emprego em João Pessoa, e não se vê nenhuma relação do nosso Jogo com a bandidagem”, comentou Tavinho.

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.