Vereador reclama de estacionamento pago em estabelecimentos de JP

Em seu pronunciamento na sessão ordinária desta quarta-feira (17), o vereador Mangueira (PMDB) pediu  apoio dos demais parlamentares na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) para combater a prática de pagamento de estacionamento em hospitais, shoppings centers e supermercados na Capital. Mangueira é autor de um projeto de lei, conjuntamente com os vereadores Edson Cruz (PP) e João Corujinha (PSDC), que proíbe tal prática com os usuários desses estabelecimentos. O projeto está em tramitação na Câmara.
 
De acordo com o PL, não poderão ser cobrados valores de estacionamento ou tarifa de permanência sobre os veículos de clientes que ocupem a vaga por até três horas. Para isso, o usuário deverá, na saída, apresentar a nota fiscal que comprove a despesa no estabelecimento comercial, ou, no caso dos hospitais, o comprovante de consulta, exame ou visita a paciente enfermo.
 
Em apartes, os vereadores Chico do Sindicato (PP), Professor Gabriel (SD), Felipe Leitão (SD), Marco Antônio (PPS), Sérgio da SAC (PSL), Raíssa Lacerda (PSD) e Dinho (PR) se acostaram ao pronunciamento do colega e reiteraram a necessidade de intervir na cobrança dessas taxas.
 
“É um absurdo hospitais cobrarem estacionamentos abusivos como estão praticando. Quando meu filho nasceu, em dois dias eu cheguei a pagar quase R$ 100 no Hospital da Unimed. É um absurdo pagarmos um plano de saúde caríssimo e ainda termos mais essa despesa”, observou Felipe Leitão.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.