Vereador quer banir dos estádios de João Pessoa torcedores racistas

Proibir a entrada de torcedores que cometam atos de discriminação racial em estádios de João Pessoa. Esse é o objetivo de um Projeto de Lei (PL) que o vereador Eduardo Carneiro (SD) vai apresentar na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) nos próximos dias. De acordo com a proposta, os torcedores que forem identificados ofendendo outras pessoas em virtude de raça, cor ou etnia deverão ser punidos com o impedimento, por um prazo cinco anos, de ingressarem em partidas realizadas em João Pessoa. 
 
Na justificativa do PL, Eduardo Carneiro argumenta que a sociedade brasileira tem se mostrado indignada com atitudes de torcedores que discriminam e injuriam outras pessoas durante eventos esportivos e que é necessário tomar providências para evitar esse problema também na Capital paraibana. 
 
Se o torcedor identificado for servidor público, dirigente ou funcionário de entidade esportiva, de empresa responsável pela organização de competição ou membro de torcida organizada, a pena prevista deverá ser aumentada em 30%. 
 
Ainda conforme o texto do projeto, a responsabilidade de cumprimento da norma será dos clubes. Caso não sigam a determinação, as organizações também poderão sofrer sanções, como a proibição de jogar em praças esportivas do Município e até mesmo a interdição do estádio, ginásio ou recinto esportivo onde atuam. 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.