Vereador quer ação conjunta para fiscalizar hospital de Bayeux

O vereador Nino do PT, líder da oposição e integrante da comissão de saúde, vai apresentar um requerimento com o objetivo de realizar uma ação conjunta da Câmara, Ministério Público, Agevisa e CRM para vistoriar o funcionamento do Hospital Materno de Bayeux. O requerimento atende às reclamações da população em relação ao precário serviço oferecido pelo hospital.

"Meses atrás fomos juntamente com outros colegas vereadores ao hospital e constatamos graves irregularidades e agora tivemos informações que nada mudou, por isso vamos apresentar esse requerimento", disse Nino. O parlamentar revelou que a mais de 1 ano não tem papel de eletrocardiograma, faltam lençóis para os pacientes, equipamentos de urgência não funcionam, faltam profissionais qualificados para atender à população. O vereador alerta ainda para o fato de que o hospital só tem um médico plantonista que chega atender mais de 200 pessoas por plantão, sobrecarregando o profissional. "É uma situação desumana", afirmou Nino do PT.

Outra denúncia do vereador é em relação ao setor de radioatividade da Policlínica Geraldo Santana. Segundo alguns profissionais do setor, a estrutura física não oferece condições para a realização de raio-x, que é feito nas dependências do banheiro desativado da policlínica. As paredes não têm proteção, prejudicando os profissionais que trabalham no setor.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.