Vereador pede nomeação de 29 concursadas da Guarda Municipal de JP

O vereador Lucas de Brito (DEM) pediu nesta terça-feira (19), durante pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal de João Pessoa, a nomeação de 29 mulheres para a Guarda Municipal. Segundo o parlamentar, após fazerem o curso de formação, deixarem antigos empregos e ocupações para acompanharem o curso, gastarem com exames admissionais e o próprio fardamento, 29 mulheres concursadas aguardam há quatro meses a nomeação para a Guarda Municipal.

 
“São mulheres que compraram seu fardamento, investiram no seu curso de formação, que deixaram suas ocupações e empregos anteriores para estarem presentes nos dois turnos da formação (manhã e tarde). São mulheres que foram utilizadas em eventos festivos para realizarem os serviços de guarda, como no Réveillon e nos eventos de Natal de João Pessoa, e que esperam trabalhar, mas sem previsão de quando”, comentou Lucas de Brito.
 
O vereador lembrou que quatro meses sem salário fazem diferença para essas mulheres. “Pergunto ao prefeito ou ao gestor da Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania (Semusb) se eles ficariam sem salário por quatro meses? A folha da Prefeitura é de mais de R$ 1 bilhão anuais. O que seria o impacto na folha de pagamento para essas 29 mulheres diante desse orçamento?”, indagou.
 
O parlamentar explicou que, legalmente, 70% dos integrantes da Guarda Municipal têm que ser de um sexo e 30% de outro. “Então, pelo menos 30% dos guardas civis de João Pessoa precisam ser de mulheres, já que a maioria é de homens. Além disso, essa quota ainda não foi atingida”, afirmou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.