Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Vereador de Bayeux afirma que Jota Júnior é “um monstro”

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Durante a realização, ontem, de mais uma sessão ordinária na Câmara de Bayeux, na Grande João Pessoa, os vereadores debatiam os problemas da cidade nas áreas de infraestrutura, limpeza urbana e principalmente a saúde quando o vereador Roni Alencar (PMN) ao usar a tribuna perdeu o fio do discurso. 

 
O parlamentar, quando comentava a situação do município não se conteve ao discurso administrativo e partiu para o pessoal. Contagiado pelo espírito oposicionista, o vereador usou um adjetivo espantoso para definir o prefeito Jota Júnior. 
 
“Ainda se cogita que Roni pode ser aliado de um monstro desse. Isso é um monstro”, disparou o vereador. 
 
Na galeria, um dos populares reagiu e confidenciou ao amigo “Ele pegou pesado". 
 
 
 
Bayeux em Foco

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Arthur Urso leva “esposas” para passear sem roupa íntima na orla de João Pessoa

Professores da UFPB desistem de candidatura e apoiam Terezinha e Mônica

Anteriores

sergioqueoroz

Sérgio Queiroz adia anúncio de pré-candidatura depois de desculpas do PL

saojoaodesape (1)

São João de Sapé tem Xand Avião, Zé Vaqueiro e Maiara e Maraisa

luizcoutofrente

Luiz Couto apresenta R$ 59 milhões em emendas para investimentos na PB

bolsonaro e walber virgolino em cabedelo 130424

Jair Bolsonaro visita feira e faz passeata com apoiadores em Cabedelo

X rede social

Diretor jurídico que representava X no Brasil renuncia ao cargo

alcool FOTO juca varella agencia brasil

Agevisa restringe venda livre de álcool a 70% na Paraíba a partir de 30 de abril

livros FOTO Pixabay

FLIDI: Festa Literária de Dona Inês celebra literatura e educação no clima frio da serra paraibana

vacina seringa FOTO Pixabay

Paraíba tem Dia D de vacinação contra influenza e multivacinação

viatura pcpb FOTO Ascom PCPB_

Travesti é assassinada no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa

mega sena agencia brasil

Mega-Sena sorteia prêmio acumulado em R$ 56 milhões