Veneziano concede coletiva hoje às 10 horas para falar sobre cassação

O prefeito Veneziano Vital do Rego concederá uma entrevista coletiva nesta quinta-feira, dia 15 de abril, às 10h, no auditório do Instituto de Previdência dos Servidores Municipais – Ipsem. O objetivo da entrevista é comentar a concessão da liminar que o manteve no cargo, juntamente com o vice-prefeito José Luiz Júnior, por parte do TRE-PB, além de fornecer informações sobre a cirurgia de transplante de fígado à qual se submeteu o vice-prefeito José Luiz Júnior, bem como anunciar futuras ações de governo em Campina Grande.

Depois que foi cassado, na última segunda-feira, 12, Veneziano esteve ausente da cidade. Em seu retorno, foi recebido na avenida Brasília por muitos eleitores e aliados políticos. Do trevo de acesso a Campina Grande, ele seguiu em uma carreata até seu gabinete, onde falou rapidamente com a imprensa, mas não concedeu entrevista aos jornalistas. Ele, contudo, falou com brevidade sobre a concessão da liminar que permitiu sua permanência no cargo:

“Quando recebíamos a confirmação na Capital, não poderíamos deixar que a sociedade campinense ficasse pesarosamente ressentida, essa mesma sociedade que pediu em 70% que permanecêssemos aqui para continuar a trabalhar em projetos que já fizemos e outros que estão por vir. E aqui estamos para dizer que vamos continuar trabalhando. A justiça entendeu e retificou. Nós mais uma vez, haveremos de mostrar, em uma oportunidade, que fizemos uma campanha limpa”, disse.

A cassação de Veneziano Vital e do vice José Luiz Júnior (PSC) foi determinada pelo juiz da 16ª zona eleitoral, Francisco Antunes, por captação ilícita de recursos de campanha. O prefeito teria sido beneficiado, em 2008, com recursos provenientes da prefeitura e que teriam sido irregularmente depositados na conta bancária de sua campanha à reeleição. O montante, cerca de R$ 51 mil, foi sacado por um representante da Construtora Maranata a partir de um cheque da administração municipal, e dividido em valores diversos para depósito em prol do então candidato à reeleição.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.