Veneziano aponta “falta de prioridade” de Ricardo com Campina Grande

O prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rego lamentou na manhã de hoje que a cidade não esteja entre as prioridades do Governo do Estado, como disse o governador Ricardo Coutinho. Na visita que fez ontem a Campina, o governador afirmou que vai receber o prefeito campinense “no tempo certo”.
 
Ao ser questionado pelos repórteres sobre a demora em receber o prefeito de Campina Grande em audiência, o governador afirmou: “não poso resolver tudo ao mesmo tempo” e que a audiência com o prefeito de Campina Grande só ocorrerá “no tempo certo”. “Nossa agenda não é feita só de audiências”, disse o governador aos repórteres.
 
Veneziano disse entender que um governante tenha atribuições, mas que, entre suas atividades, deve adotar critérios que demonstrem prioridades com o que acredita ser importante. “Campina Grande é a segunda maior cidade da Paraíba, a maior do interior do Nordeste e deveria ter a atenção devida por parte do governador”, disse.
 
O prefeito de Campina Grande afirmou que existem assuntos prioritários a ser discutidos com o governador, dentre eles o Maior São João do Mundo, que está a 45 dias de seu início. “Nada justifica que, após passados mais de três meses de governo, o governador não tenha dado qualquer sinalização quanto ao pedido que Campina Grande fez para ser, pelo menos, recebida por ele”.
 
Ele disse que a falta de atenção do governador para com Campina Grande também está refletida no corte decretado pelo governo estadual para os repasses financeiros que visam a manutenção do Programa Farmácia Básica de Medicamentos e do SAMU, além da indisponibilidade do governo em apoiar o Maior São João do Mundo.
 
Veneziano também lembrou que, nos cem dias de governo, o governador se limitou a anunciar ações que já estavam em andamento e que foram iniciadas na gestão do ex-governador José Maranhão, a exemplo do Porto Seco e do Centro de Inovação Tecnológica Telmo Araújo – CITTA. “Tivemos uma solenidade na FIEP, no ano passado, em que o governador José Maranhão anunciou o Porto Seco e o CITTA já estamos discutindo há mais de um ano. Então, nada de novo para Campina”, salientou Veneziano.
 

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.