Veneziano acusa Ricardo de ser desinformado sobre Campina Grande

O prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo, rebateu as críticas formuladas pelo governador Ricardo Coutinho sobre a situação do atendimento básico de saúde no município. Para o governador, a prefeitura campinense não está fazendo a sua parte e, por isso, o Hospital Regional está com o seu atendimento saturado. Veneziano definiu o raciocínio do governante estadual como um equívoco, fruto da sua desinformação sobre a realidade da saúde local.
 
“É um equívoco, mesmo porque o Hospital Regional não atende às ações básicas. Ele se expressou muito mal e desconhece totalmente os investimentos que estamos fazendo em nossa cidade no campo da saúde. Basta dizer que, ao contrário do que ele fez em João Pessoa, ainda como prefeito, nós triplicamos as unidades do Programa Saúde da Família e hoje somos uma referência no campo da atenção básica à saúde”, comentou.
 
Ao argumentar, Veneziano lembrou que, em contrapartida à realidade da própria capital paraibana, a prefeitura campinense respeita os agentes comunitários de saúde e todos os profissionais do PSF. Por isso, entende ser fundamental o novo governador buscar conhecer os números reais da saúde paraibana, pois, só assim, os seus pronunciamentos passarão a ter um caráter técnico e não meramente político-partidário.
 
“Ele não sabe, por exemplo, que Campina Grande assume a responsabilidade para um rol de 171 municípios, pois, em outras regiões, dentro e fora da Paraíba, não existe um atendimento adequado no campo da saúde. Antes de falar, o governador deveria saber o que está dizendo. Ele demonstra total desconhecimento sobre estes fatos”, acrescentou o prefeito.
 
Segundo Veneziano, as ações adotadas por Ricardo Coutinho na área de saúde também foram desastrosas à época em que era prefeito da capital, não tendo, portanto, um parâmetro ou referencial adequado para censurar a gestão de outras administrações. Ele frisou, por isso, que a gestão do ex-prefeito não deixou saudades entre profissionais da saúde da capital, pois até mesmo os próprios odontólogos de João Pessoa queriam receber os valores pagos por Campina Grande.
 
“Não devemos esquecer, ainda, das conquistas obtidas pelos profissionais campinenses, a exemplo da estabilidade dos agentes comunitários de saúde e agentes de vigilância ambiental, o que jamais aconteceu na gestão dele à frente da capital paraibana”, recorda o prefeito.
 
Por fim, Veneziano lamentou o fato de que a recente presença do novo governador em Campina Grande nada trouxe de solução para os problemas do Hospital Regional. “Quem esperava solução, só escutou um discurso político vazio. É hora dele descer do palanque e começar a trabalhar. Assim, embora torça pelo seu êxito administrativo, avalio a sua primeira visita à cidade como um fato frustrante”, definiu Veneziano.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.