Veneziano acusa Bolsonaro “de fazer insinuações e tentar intimidar”

 

O senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB), primeiro vice-presidente do Senado, repudiou nesta sexta-feira (19), em vídeo, a declaração do presidente Jair Bolsonaro de que pode decretar estado de sítio no país caso o STF rejeite a ação que ele moveu contra decretos de governadores estabelecendo medidas restritivas por conta da Covid.

“Como se não bastassem as mais de duas mil e oitocentas mortes diárias, como se não bastassem os caos instalados por falta de oxigênio, as expectativa que nós temos de daqui a alguns dias não termos mais insumos, não termos mais medicamentos, até mesmo para intubar pacientes, o presidente ele insiste no mesmo roteiro, de fazer insinuações, de querer intimidar com discursos, que nós não aceitaremos, muito menos aquilo que ele tenta transmitir em termos de instalar realidade outras no país que é democrático”, disse Veneziano.

Segundo Veneziano, Bolsonaro contribuiu muito para toda a “situação dramática, trágica”, que o país vive por conta da pandemia.

“Ele deu causa, por força dos seus maus exemplos, por força da sua condição inexistente, por força de não entender que a sua posição como presidente da República, ela deveria ser outra, deveria ser a daquele que, reconhecidamente, sabe que para enfrentar esse vírus famigerado é preciso unir a população em torno de medidas que cientificamente sejam, como são, comprovadas”, declarou.

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.