Vanessa da Mata faz o público cantar no Extremo Cultural

Um show marcado pela simpatia envolveu e emocionou o público no Busto do Tamandaré, na segunda noite do "Extremo Cultural – Onde o Som Toca Primeiro", nesta sexta-feira (10). O projeto, que é realizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da sua Fundação Cultural (Funjope), trouxe a cantora e compositora Vanessa da Mata, que fez o público cantar formando um grande coral.

 “Sinto-me honrada e privilegiada em cantar para o público paraibano, em um show ao ar livre, gratuito, na praia cujo mar é verde e sem tumulto. Tudo foi lindo, principalmente quando cantei a música de Luiz Gonzaga, que o vi vivo na canção, na lembrança e na participação de todos ali presentes”, destacou a artista.

Durante a apresentação, Vanessa da Mata cantou grandes sucessos que foram temas de novelas como “Amado”, “Palavras” e “Ainda bem”, canções de Tom Jobim e homenageou e emocionou o público ao cantar a música “Paraíba”, de Luiz Gonzaga.

A turista paulistana Virginia Moraes chegou cedo para garantir um lugar perto do palco e estava ansiosa para assistir ao show e cantar os sucessos da artista. “Fui uma das primeiras a chegar para garantir meu lugar próximo ao palco e sei que este será um espetáculo inesquecível para mim e para muitos outros fãs que estão aqui. Vim conhecer João Pessoa e estou sendo presenteada por esta Capital com um show de altíssima qualidade na orla, o cenário é perfeito”, afirmou.

Já a funcionária pública Manoella de Sá falou dos motivos que a levaram até a praia para aproveitar a atração. “A música dela retrata a delicadeza da vida nas pequenas coisas, o romantismo do dia a dia cantado em pequenos versos”, enfatizou.

 Primeira atração – O artista Gustavo Magno abriu a programação da segunda noite do Extremo Cultural e trouxe a versatilidade e o ritmo que ele intitula "MPB com espírito de rock".

Ao falar do projeto da PMJP, o cantor mencionou os benefícios para cidade. “O projeto Extremo Cultural é muito importante para o desenvolvimento da cidade e do povo, possibilita a melhoria de renda de muitos paraibanos, atrai e movimenta o fluxo de turistas e ainda, na oportunidade, abre espaço para uma cultura democrática, onde todos possam ter acesso de forma gratuita a diversos artistas e estilos musicais”, enfatizou.

 Geração de renda – Com maior fluxo de turistas na cidade e com as ações culturais realizadas pela Prefeitura, além de trazer artistas importantes e valorizar os do Estado, há também a geração de emprego e renda.

 “Com essas ações percebemos que mais turistas vêm conhecer a cidade, não só pelas praias e pela gastronomia, mas também pelas atrações culturais. Nesse período consigo lucrar um pouco mais, aumentar minha renda e ainda contratar mais pessoas contribuindo para mais empregos e mais rendas no comércio da cidade”, disse a comerciante Maria dos Santos. Ela trabalha há dois anos como vendedora de cachorro quente na orla de Tambaú.

 O projeto – O "Extremo Cultural" se consolidou como um dos eventos mais importantes no calendário cultural da Capital. A proposta do projeto, que tem como um de seus diferenciais a diversidade cultural, é trazer ao palco montado no Busto de Tamandaré atrações musicais locais e de renome nacional. O evento, que acontece de 4 de janeiro a 1º de fevereiro deve atrair milhares de pessoas, com música para todos os gostos e estilos, como samba, rock, sertanejo e MPB.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.