Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Vacina da Pfizer neutraliza variante ômicron com 3 doses, diz empresa

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

A BioNTech e a Pfizer informaram nesta quarta-feira (8) que três doses de sua vacina contra Covid-19 neutralizaram a variante ômicron do novo coronavírus em um teste de laboratório. Além disso, segundo as empresas, seria possível oferecer uma versão do imunizante para a nova cepa em março de 2022, caso seja necessário.

Na primeira declaração oficial dos fabricantes sobre a eficácia de sua injeção contra a nova cepa, eles disseram que duas doses da vacina resultaram em anticorpos neutralizantes significativamente mais baixos, mas que uma terceira dose de sua vacina aumentou os anticorpos neutralizantes.

“Garantir que o maior número possível de pessoas esteja totalmente vacinado com as duas primeiras doses e com outra de reforço continua sendo a melhor forma para prevenir a disseminação do Covid-19”, disse o chefe da Pfizer, Albert Bourla, em comunicado.

Embora não se tenha certeza sobre sua necessidade, as empresas disseram que vão manter os esforços para desenvolver uma vacina voltada para a variante ômicron.

O anúncio feito neste quarta (8) está em consonância com dados preliminares divulgados nesta terça (7) pelo laboratório do Instituto Africano de Pesquisa em Saúde, na África do Sul. A análise indicou que a variante do coronavírus pode escapar parcialmente da proteção oferecida com duas doses da vacina e que a terceira dose poderia ajudar a frear a doença.

Mesmo que não haja dados confirmando o impacto da variante para os imunizantes atuais, alguns especialistas já afirmaram que existe um risco alto das vacinas perderem capacidade de proteção. Por isso, outros estudos estão sendo feitos para analisar se existe algum escape vacinal pela ômicron.

O presidente da Moderna, por exemplo, já indicou que a vacina do laboratório pode ser menos eficaz contra a variante. Segundo ele, a empresa pretende desenvolver uma nova dose específica para a ômicron até março de 2022.

Outra empresa preocupada com a nova variante é a Sinovac Biotech, responsável pela fabricação da vacina Coronavac. Nesta terça-feira (7), a farmacêutica afirmou que uma versão atualizada do imunizante contra a ômicron deve estar disponível em três meses.

Anteriormente, um estudo da África do Sul havia afirmado que a vacina da Pfizer protegia parcialmente contra a ômicron, mas a pesquisa ainda não havia sido revisada por outros cientistas.

Folha de S. Paulo

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Banco do Nordeste nomeia novo superintendente na Paraíba

Prefeito paraibano fala de “infelicidade” de ter filhos autistas e servidora acrescenta: “São doidos”

Anteriores

7efa1fa809712137e62ae45fe4983881

Desembargadora rejeita recurso do PSOL do “L” e prevê plenária obrigatória

WhatsApp Image 2024-07-17 at 17.42.21

Sebrae participa da realização da Feira de Negócios e Empreendedorismo da Paraíba em Cuité

CelestEpitacioPessoa_fotoGilbertoFirmino-34-scaled

Celest abre inscrições para mais de 700 vagas nos cursos de línguas estrangeiras neste sábado

prova

Prefeitura de Princesa Isabel abre inscrições para concurso nesta quarta

aumento_gazolina_rj_0506202742

MPPB recomenda Procon-CG autuar distribuidores e postos de combustíveis que estão descumprindo reajuste da Petrobras

WhatsApp Image 2024-07-17 at 13.35.57

Presidente da FPF-PB vai ser a chefe da delegação da seleção brasileira feminina nas Olimpíadas

Design-sem-nome-2024-07-17T135326.590

Caminhão de frutas tomba e deixa motorista ferido em Santa Luzia, no Sertão da Paraíba

WhatsApp Image 2024-07-17 at 15.32.09

Servidores do INSS rejeitam proposta do governo e continuam em greve

Canal-Solar-GECEX-revoga-mais-de-200-ex-tarifarios-de-equipamentos-fotovoltaicos-1-1

Procon-JP notifica Energisa após repasse de imposto sem aviso prévio em contas residenciais

c0a22336-d208-353e-23f3-db117e4760eb

PSB e Republicanos de Sobrado realizam convenção dia 21 para homologar nomes de Guilherme Coelho e Marlon Brand