Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

UTIs pediátricas extras para atender casos de síndromes gripais já estão funcionando no Trauma-JP

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Já estão em funcionamento, no Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, os 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica. A ampliação de leitos de retaguarda surgiu para atender aos casos de Síndrome Gripal Aguda Grave (SRAG). A estratégia faz parte do plano de ação elaborado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), para o enfrentamento do aumento das síndromes gripais infantis.

De acordo com o diretor-geral da unidade, Laecio Bragante, o funcionamento dos novos leitos destinados, exclusivamente, para pacientes regulados pela SES, com síndromes gripais, não vai interferir no atendimento de urgência e emergência prestado à população paraibana. “É bom deixar claro que os novos leitos de UTI ficam separados dos leitos de urgência e emergência da unidade de saúde, com isso, não existe fluxo cruzado, ou qualquer tipo de contato entre os pacientes, bem como funcionários”, explicou.

O secretário de Saúde da Paraíba, Jhony Bezerra, reforça que o objetivo da ampliação dos leitos é prestar assistência à população infantil que precisa de um atendimento especializado, intensivo, com suporte de oxigênio, diante da ocorrência de crianças adoecendo de forma grave com síndromes respiratórias. “Essa é uma ação do Estado para dar suporte, ampliando leitos de retaguarda, de forma emergencial, assim como foi para a Covid-19. A ocupação desses leitos será realizada via Central Estadual de Regulação”, comentou.

A Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) abrange casos de síndrome gripal (SG) que evoluem com comprometimento da função respiratória que, na maioria dos casos, leva à hospitalização, sem outra causa específica. As causas podem ser vírus respiratórios, dentre os quais predominam os da Influenza do tipo A e B, Vírus Sincicial Respiratório, SARS-COV-2, bactérias, fungos e outros agentes.

Atendimento em Campina

O Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande está recebendo em caráter temporário, desde o domingo (7), casos de crianças com Síndrome Gripal Aguda Grave (SRAG). Os 10 leitos extras de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátricos estão destinadas a crianças de 2 a14 anos.

Atualmente 03 crianças estão internadas na UTI sendo, 01 menino de quatro meses, procedente do município de Santa Cecília e 02 meninas, uma de 4 anos, de Teixeira e outra de 5 anos, de Nova Floresta.

A ocupação dos leitos pediátricos está sendo realizada por meio do Complexo Regulador Estadual (CRE).

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

‘Festa da Adoção’ tenta aproximar crianças e adolescentes de pessoas aptas a adotar

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Anteriores

edsonfachin

Ministro do STF decide arquivar ação contra reeleição antecipada de Adriano Galdino

Sodiê

Governo da Paraíba dispensa emissão de documentos fiscais em mercadorias doadas ao RS

lovina

MPF intervém e Prefeitura de Cabedelo demole obra ilegal de contenção marítima do Lovina

chuvasrs (1)

Com chuva forte, água sobe pelos bueiros e volta a inundar ruas em Porto Alegre

1af1367b-89e5-4e87-ae7e-586266147ed4

Paraíba participa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite a partir de segunda

tourinho1 (1)

APCA homenageia imprensa da Paraíba com a Comenda Acadêmico Mário Tourinho

Poste, batida

Paraíba registra 242 colisões em postes este ano; João Pessoa e Campina lideram

Lixão a céu aberto

Prefeitura de Catolé do Rocha deve pagar indenização por lixão a céu aberto

Luciano Cartaxo 3

Luciano Cartaxo tem alta e deixa hospital em João Pessoa

PF operação

Operação da PF mira empresas clandestinas de segurança privada