Usuários de coletivo têm até amanhã para comprar passagens no preço antigo

A partir de zero hora da próxima segunda-feira (09), o valor cobrado pela passagem nos ônibus coletivos urbanos de João Pessoa passa a ser R$ 2,20. A importância, que antes era de R$ 2,10, teve um reajuste de 4,76%, percentual inferior à inflação oficial de todo o ano de 2011, que foi de 6,56%, e bem abaixo da variação do salário mínimo que se elevou em 14,13% no dia 1º de janeiro (avançou de R$ 545 para R$ 622). Mas, caso o usuário queira usufruir da antiga tarifa, ele deve se apressar e recarregar seu cartão “Passe Legal” até este sábado, 07 de janeiro, nos postos de atendimento dos Shoppings Tambiá (até às 13h) e Manaíra (até às 18h).

 Segundo o diretor executivo da Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de João Pessoa (AETC-JP), Mário Tourinho, os usuários que fizerem suas recargas poderão utilizá-las por até 30 dias. “Mesmo com o novo valor da tarifa passando a ser cobrado a partir desta segunda-feira, os passageiros que tenham recarregado seus cartões eletrônicos “Passe Legal” até o dia 07 de janeiro continuarão debitando desses cartões os valores anteriores a R$ 2,20. Neste caso, as passagens recarregadas a preços antigos valerão por 30 dias”, explica, lembrando que o mesmo vale para os estudantes, que têm direito a 50% de desconto e também tem suas passagens reajustadas.

Conforme o dirigente, por decorrência, a nova tarifa dos estudantes será acrescida de apenas R$ 0,05 (cinco centavos), passando, portanto para R$ 1,10. Vale destacar que o reajuste da tarifa de ônibus de João Pessoa, além de ficar abaixo da inflação e do percentual de aumento do salário mínimo homologado pelo Governo Federal, também ficou praticamente na metade do percentual de aumento salarial concedido aos operadores do sistema em julho de 2011, que foi de 9%. A autorização para a cobrança dessa nova tarifa foi do prefeito Luciano Agra, que anunciou o reajuste na última segunda-feira (02).
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.