Unimed nega incêndio, mas confirma que Bombeiros foram chamados

A assessoria de imprensa da Unimed João Pessoa negou hoje as informações difundidas pela oposição dando conta de que um incêndio teria destruído documentos contábeis da cooperativa médica da capital paraibana. As informações oficiais confirmam que o Corpo de Bombeiros foi chamado ao local, mas apenas para verificar a origem de fumaça originária de um curto-circuito em uma das salas da própria Comunicação da Unimed. 
 
Ainda de acordo com a assessoria, apenas equipamentos foram destruídos, sem danos aos documentos destruído. No local, estavam acondicionados materiais promocionais, móveis e eletroeletrônicos.

A Unimed João Pessoa escolhe no próximo dia 17, na Capital, os novos dirigentes da cooperativa. O atual presidente Aucélio Gusmão busca o sexto mandato e a oposição liderada pelo médio Alexandre Magno tenha impedir que isso ocorra.   

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.